Fernando Tordo revela que vai aos alcoólicos anónimos

Cantor confessa luta contra o alcoolismo que o levou a deixar de beber há 12 anos.
29.03.18

O cantor Fernando Tordo, dono de uma das mais conhecidas vozes da música portuguesa, admitiu que lutou contra o alcoolismo durante a vida e que ainda hoje frequenta os alcoólicos anónimos.

"Há 12 anos, tomei uma decisão muito importante na minha vida, talvez a decisão mais importante da minha vida: deixei de beber", conta Fernando Tordo a Daniel Oliveira no programa Alta Definição, da SIC.

O apresentador pergunta se o fadista, de 70 anos, continua a ter encontros com outras pessoas que lutam contra a dependência do álcool e Fernando Tordo respondeu que sim: "Frequentei e frequento sessões dos alcoólicos anónimos".

Com 50 anos de carreira, Fernando Tordo explica o porquê de falar abertamente do problema com o álcool. "É a minha missão falar disso, dizer que é possível, completamente", afirma o cantor, referindo que já ultrapassou o vício do álcool.

Sobre a música, Fernando Tordo diz que "é um ato profundo de vida e vitalidade chegar a esta idade e estar no ativo" e recorda um ensinamento do pai: "Recordo que me dizia ‘Faças o que fizeres, sê sério".

A entrevista completa é transmitida este sábado à tarde.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De Zadig29.03.18
    Um grande abraço de parabéns ao Fernando Tordo pela sua grande coragem! Dedico boa parte da minha vida profissional ao tratamento deste flagelo! Posso dar testemunho de que quando um doente aceita o meu conselho de frequentar as reuniões de AAs, <br/>as probabilidades de sucesso dos tratamentos TRIPLCAM
2 Comentários
  • De tojornais30.03.18
    Grande valor e grande Homem. Ser alcoólico é ter uma doença e conseguir lutar contra ela é de louvar. Deviam de dar mais atenção aos alcoólicos anónimos e ajudar as pessoas pois nos centros de saúde deviam de ter essa valência para apoiar os que têm dificuldade em deixar de beber.
    Responder
     
     0
    !
  • De Zadig29.03.18
    Um grande abraço de parabéns ao Fernando Tordo pela sua grande coragem! Dedico boa parte da minha vida profissional ao tratamento deste flagelo! Posso dar testemunho de que quando um doente aceita o meu conselho de frequentar as reuniões de AAs,
    as probabilidades de sucesso dos tratamentos TRIPLCAM
    Responder
     
     0
    !