Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Festival popular

A vila de Ponte de Lima, no coração do Alto Minho, acolhe a partir de hoje o maior Festival de Música Popular Portuguesa, o Festival Credial.
10 de Agosto de 2007 às 00:00
Evento musical alternativo para 'públicos que têm sido esquecidos'
Evento musical alternativo para 'públicos que têm sido esquecidos' FOTO: António Simões
O evento reúne pela primeira vez num festival de grande envergadura boa parte dos artistas de música popular portuguesa durante três dias, até domingo.
O famoso cantor Tony Carreira estreia hoje o palco logo após as 21h00, seguido por Ruth Marlene, Mónica Sintra, Eduardo Madeira.
Sábado está reservado para Mickael Carreira, José Alberto Reis e Romana. Mais para o final da noite, a organização brinda o público com o já conhecido humor das personagens Quim Roscas e Zeca Estacionâncio.
O último dia conta ainda com alguns dos mais célebres nomes do meio popular tais como aquele que é conhecido como o pai da música pimba, Emanuel seguido por Toy, Ana Malhoa e também o irreverente humorista Fernando Rocha.
Os responsáveis pelo evento querem apostar “num conceito de festival alternativo aos já existentes, para dar resposta às necessidades de um público até aqui esquecido”.
Os preços dos bilhetes vão desde os dez euros por dia, mas o festival poderá ficar mais em conta com o bilhete geral de 20 euros.
Ver comentários