Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

Filha de Chaplin traz circo invisível a Lisboa

Victoria Chaplin, filha de Charlie Chaplin, e Jean-Baptiste Thierrèe, chegam a Lisboa no mês de Março para apresentar, entre os dias 8 e 12, no Centro Cultural de Belém, ‘Cirque Invisible’, que é como quem diz ‘Circo Invisível’, um espectáculo para toda a família.
23 de Fevereiro de 2005 às 00:00
Trata-se de uma proposta de circo-teatro, também conhecido por novo circo, em que se procura menos impressionar o público com grandes habilidades físicas e mais surpreendê-lo com ‘números’ aparentemente simples mas de grande impacto visual. Aqui, e ao contrário do que acontece no circo tradicional, procura-se uma grande cumplicidade entre o palco e a plateia.
Jean-Baptiste Thierrèe, que foi actor e director de companhia antes de se dedicar ao circo, convidou Victoria Chaplin para trabalhar com ele depois de ler uma entrevista em que ela confessava o seu desejo de ser palhaço. Desde 1970, nunca mais deixaram de trabalhar juntos, e esta é a primeira vez que estarão em Portugal.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)