Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Filme sobre Freddie Mercury atacado antes da estreia

Críticos queixam-se que há poucas cenas com o vocalista no trailer da obra.
Ana Maria Ribeiro 21 de Maio de 2018 às 01:30
Rami Malek dá corpo a Freddie Mercury no filme ‘Bohemian Rhapsody’ mas não é o foco central do trailer do filme
Freddie Mercury
Rami Malek dá corpo a Freddie Mercury no filme ‘Bohemian Rhapsody’ mas não é o foco central do trailer do filme
Freddie Mercury
Rami Malek dá corpo a Freddie Mercury no filme ‘Bohemian Rhapsody’ mas não é o foco central do trailer do filme
Freddie Mercury
O filme ainda não estreou (por cá só chega em novembro) e já está a provocar polémica por causa do trailer, que a crítica diz estar a "branquear" a história de Freddie Mercury, vocalista dos Queen falecido em 1991, aos 45 anos.

‘Bohemian Rhapsody’, realizado por Dexter Fletcher (depois de Bryan Singer ter sido despedido no início deste ano), parece, de facto, amaldiçoado.

Primeiro foi o protagonista, Sacha Baron Cohen, que bateu com a porta alegando "diferenças criativas" com a equipa. Na verdade, disse posteriormente que o filme mais parecia o elogio dos Queen do que propriamente a biografia de um dos cantores pop mais carismáticos de sempre. Agora, e a avaliar pelo trailer, todos lhe dão razão.

Em cerca de minuto e meio de apresentação há pouco espaço para ver Rami Malek a fazer de Freddie Mercury, e, quando aparece, o foco está na música, nos concertos, no espetáculo – e nada no homem. A questão sexual, sobretudo, está a preocupar antecipadamente os críticos. Freddie Mercury, que morreu de sida, era bissexual, mas nos últimos anos da sua vida amou um homem em particular e traiu-o – muitas vezes – com outros homens.

Escamotear estes factos, bem como a perseguição de que o cantor foi alvo por alguns críticos homofóbicos, será extremamente negativo para uma obra que se quer biográfica.

Outra questão é a da sida. Freddie foi das primeiras vítimas da epidemia do século XX, mas muitos temem que isso não seja devidamente explorado na obra.
Ver comentários