Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Finalistas já estão escolhidos

Foi preciso esperar até às últimas horas de votação online, que terminou às 23h59 de sexta-feira, para definir os 12 finalistas nas categorias de rap e de graffiti do concurso Hip Hop Pobreza Stop, iniciativa da Fundação Filos que pretende mobilizar novos talentos para a denúncia de injustiças sociais.
5 de Outubro de 2008 às 00:30
O graffiti, como mensagem contra as injustiças sociais, é o mote do concurso promovido pela Fundação Filos com o apoio do ‘CM’, RTP e Antena 3
O graffiti, como mensagem contra as injustiças sociais, é o mote do concurso promovido pela Fundação Filos com o apoio do ‘CM’, RTP e Antena 3 FOTO: Marta Vitorino

Contabilizadas as mais de 6500 votações no sítio do CM ao longo das duas últimas semanas, alguns autores de canções perderam a hipótese de participar no espectáculo final da iniciativa, dia 18, por escassas dezenas de votos.

Mas também houve quem sobressaísse. Assim aconteceu na Região Norte na categoria rap, onde ‘Pretexto’, de Rui Peres, e ‘Pobreza Não!’, de Carlos Ferreira, obtiveram uma vantagem superior a mil votos em relação aos outros dois concorrentes que conquistaram lugar na final do concurso, também apoiado pela RTP e pela Antena 3.

Tão grande avanço não se repetiu na Região Centro, apesar da boa votação – ‘Máquina do Tempo’, de Mário Leão, não descolou de ‘Não Digas Não’, de Hugo Rebelo, David Rodrigues e Bruno Camões, e de ‘O Que Vais Fazer?’, de Ivan Gomes, Hélder Sanches e David Moreno – nem na Região Sul, ainda que ‘Mundo em que Nasci’, de Fábio Balsa, e ‘Filho Bastardo’, de Celso Guerra, tenham conseguido mais 200 votos do que os restantes.

Na categoria de graffiti, onde não havia divisão geográfica, poucos finalistas ganharam uma confortável vantagem. As excepções foram o líder Nuno Palhas, com ‘Pobreza’; Marcos Barradas, cuja criação não tem nome; e Adalberto Brito, autor de ‘Arte e Intervenção Global’.

Cabe-lhes agora, como aos outros nove projectos seleccionados, demonstrar ao vivo o seu talento para pintar painéis, enquanto os 12 finalistas de rap mostram os seus dotes de microfone na mão. O espectáculo está marcado para o Pavilhão Multiusos de Gondomar, no próximo dia 18.

OS FINALISTAS

RAP – REGIÃO NORTE

‘Pretexto’ VOTOS (Rui Peres) 1950

‘Pobreza Não!’  (Carlos Ferreira) 1547

‘(In)Diferenças’ (Vítor Santos e Nuno Monteiro) 506

‘Filhos duma Vida’ (Joel Pinto) 451

REGIÃO CENTRO

‘Máquina do Tempo’ (Mário Leão) 1031

‘Não Digas Não’ (Hugo Rebelo, David Rodriguese Bruno Camões) 813

‘O Que Vais Fazer?’ (Ivan Gomes, Hélder Sanches e David Moreno) 799

‘Indiferença’ (Michael Ferreira, Eurico Fernandes, João Rodrigues, Jimmy Rocha, Mauro Silva e Thomas Zimmermann) 667

REGIÃO SUL

‘Mundo em que Nasci’ (Fábio Balsa) 917

‘Filho Bastardo’ (Celso Guerra) 861

‘Apenas um Sonho’ (Márcio Faquinha e Igor Ribeiro) 667

‘Ignorância’ (Nelson Ferreira) 653

GRAFFITI

‘Pobreza’ (Nuno Palhas) 971

Sem nome (Marco Barradas) 846

‘Arte e Intervenção Global’ (Adalberto Brito) 767

‘Quem Massa Não Vê’ (André Cunha) 435

Sem nome (Bruno Moreira, Jorge Almeida, Octávio Rodrigues e Bruno Oliveira) 346

Sem nome (Rui Vicente) 324

Sem nome (Luís Furtado) 307

‘Uma Aventura Pobre’ (Nuno Costa) 287

‘Stop Pobreza’ (Edgar Neves, Cláudio Martins) 285

Sem nome (Ricardo Quintela) 254

Sem nome (João Frazão) 217

Sem nome (Diogo Lima) 187

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)