Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Glitter e adereços dão cor ao NOS Primavera Sound

J Balvin e ProfJam brilharam no segundo dia do festival portuense.
Patrícia Lima Leitão 8 de Junho de 2019 às 10:53
NOS Primavera Sound
Lúcia Branco veio de Lisboa e foi a sua primeira vez no Primavera Sound
As amigas Vera e Sofia
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound
Lúcia Branco veio de Lisboa e foi a sua primeira vez no Primavera Sound
As amigas Vera e Sofia
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound
Lúcia Branco veio de Lisboa e foi a sua primeira vez no Primavera Sound
As amigas Vera e Sofia
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
NOS Primavera Sound, no Porto
A corrida ao NOS Primavera Sound foi mais colorida ao segundo dia. As previsões de possibilidade de chuva a 0% trouxeram à encosta verde do Parque da Cidade, no Porto, mais glitter na cara e nos corpos dos festivaleiros, roupas extravagantes e, principalmente, muito menos tecido a cobrir a pele.

Lúcia Branco, de 26 anos, veio com uma amiga de Lisboa vestida a rigor, com purpurinas e pedrinhas de cristais no rosto. "É a minha primeira vez aqui, temos amigos no Porto e resolvemos experimentar o festival que dizem ser o melhor do País", referiu, ansiosa pelos concertos de J Balvin e ProfJam. "Se não fosse estar sol, já não vinha assim vestida e preparada", concluiu.

Pontual e todo vestido de branco, o rapper ProfJam inaugurou esta sexta-feira o Palco Super Bock debaixo de um sol que queimava. A energia de um artista das rimas que não consegue estar parado transferiu-se, sem que fosse preciso pedir duas vezes, para os fãs que assistiam ao concerto e que corresponderam com os movimentos no ritmo certo. "É um sonho estar aqui. Já vi neste festival o Kendrick Lamar e hoje atuo eu", mencionou o "prof dos putos da nova gen".

Foi por ProfJam, mas também por J Balvin, que as amigas Vera e Sofia decidiram ir. "É a nossa primeira vez cá, mas já queremos voltar para o ano. É o maior festival do Porto e este é de certo o melhor ambiente, com a natureza pelo meio", referiu Vera Ramos, de 22 anos.

Interpol e James Blake eram também dos nomes mais aguardados da noite desta sexta-feira.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)