Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Guetta junta 48 mil no Sudoeste TMN (COM VÍDEO)

Já era esperado e confirmou-se. A noite de sábado foi a que mais gente levou à Herdade da Casa Branca, 48 mil pessoas, para a noite mais pop da 15ª edição do Festival Sudoeste TMN, muito por culpa do DJ David Guetta, o artista que mais gente juntou em frente ao palco principal este ano. Madrugada fora, o recinto foi convertido numa gigantesca pista de dança, a espaços molhada pela chuva miúda que fez questão de aparecer várias vezes ao longo do serão.
7 de Agosto de 2011 às 02:38
Guetta afirmou que irá aproveitar a actuação no Festival Sudoeste para as gravações do seu novo videoclip
Guetta afirmou que irá aproveitar a actuação no Festival Sudoeste para as gravações do seu novo videoclip FOTO: Luís Gerreiro

A multidão imberbe vibrou, saltou e acompanhou o autor de ‘Memories' e ‘Club Can't Handle Me', que fez saber no início da actuação que iria aproveitar esta noite para as gravações do seu novo videoclip. Guetta já é da casa. Recorde-se que, com esta, soma três actuações no Sudoeste TMN consecutivas. Aposta forte, novamente vitoriosa por parte da organização, o DJ voltou a trazer os adereços do costume [o gigantesco ecrã led, a mesa iluminada e dois homens vestidos como dois robots que em cima de palco disparam lasers e fogo de artifício].

Outro dos nomes que mais curiosidade despertava era o dos Scissor Sisters. Chegados a Portugal em cima da hora, e com percalços na viagem (a bagagem de alguns elementos foi perdida no aeroporto, confidenciou em palco a vocalista Ana Matronic), mas ainda assim bastante competentes na sua música. Irreverentes, polémicos e com momentos de palco e linguagem apropriada apenas para maiores de 18 anos, os sons do seu electro pop completado pelo constante falsete do outro vocalista Jake Shears - na maior parte do tempo em tronco nu - tomaram de assalto o recinto. O mega badalado single ‘Fire With Fire', adoptado pela operadora de telemóveis que patrocina o evento como hino durante o Verão de 2010, acabou por ser o momento alto, tal como seria de esperar.

Antes foram as baladas do pop rock dos irlandeses The Script que proporcionaram alguns momentos de 'sing along' entre a plateia, mas o primeiro grande concerto da noite foi do rapper português Valete. Cru, directo e sem papas na língua mostrou a sua música para uma plateia maior do que é costuma no palco principal àquela hora (20h00). "O verdadeiro hip-hop está em cima do palco agora. O meu hip-hop não tem maquilhagem", disse aos muitos fãs que o acompanharam.

sudoeste zambujeira do mar festival concertos david guetta scissor sisters the script valete
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)