Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Gwyneth Paltrow regressa ao activo (COM VÍDEO)

É uma Gwyneth Paltrow intensa e espantosa a que vemos em ‘Duplo Amor’, um belo filme que já chegou às salas portuguesas. É também o regresso ao activo após um longo período de ausência. "Foi o papel certo", confidenciou ao CM. Isto porque lhe permitiu experimentar algo novo, sobretudo "após ter passado três anos a cuidar dos filhos".
5 de Agosto de 2009 às 00:30
Gwyneth Paltrow é uma mulher obcecada por um homem casado (Joaquin Phoenix) em ‘Duplo Amor’
Gwyneth Paltrow é uma mulher obcecada por um homem casado (Joaquin Phoenix) em ‘Duplo Amor’ FOTO: direitos reservados

Casada há cinco anos com Chris Martin, líder dos Coldplay, Gwyneth insiste: 'A família é a minha prioridade.' Por isso, tentam conciliar as carreiras para estarem juntos nas suas casas de Nova Iorque e Londres. 'É a combinação perfeita', diz.

Em ‘Duplo Amor’, Paltrow vive obcecada por um homem casado (Joaquin Phoenix) e agradou-lhe a inesperada colaboração com o excêntrico actor, que diz ter feito o último filme: 'É um actor muito intenso. Claro que às vezes percebia que não o deveria incomodar. Ele tem, de facto, uma maneira muito peculiar de estar na vida.'

Apesar disso, o realizador James Gray conseguiu criar no set um ambiente que aboliu todas as barreiras. 'Isso permitiu que nos entregássemos totalmente', esclareceu. Numa das cenas mais perturbadoras, não se inibiu, sequer, em desnudar um seio, exibindo-o a Joaquin, que a observava de uma janela no edifício em frente. Ao realizador disse apenas, como o próprio James Gray relatou ao CM: 'Não me interesso por nudez, mas vou dar-te o que precisas. Só não me parece que o meu peito esteja tão bonito depois de ter tido duas crianças.' Acabou por ser tranquilizada. De resto, como se pode ver no filme, continuam perfeitos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)