Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

História do Estado Novo garante prémio

Foi com “uma emoção tremenda” que Irene Pimentel recebeu ontem a notícia de que foi a contemplada com o Prémio Pessoa, um dos mais importantes galardões nacionais atribuído anualmente a uma figura de nacionalidade portuguesa com “intervenção relevante na vida científica, artística ou literária”.
15 de Dezembro de 2007 às 00:00
A historiadora, que esta semana lançou o livro ‘Mocidade Portuguesa Feminina’, é especialista em trabalhos sobre o Estado Novo e foi a segunda personalidade ligada à História a receber o prémio, 20 anos depois de José Mattoso.
Em declarações à Lusa, Irene Pimentel considerou que a distinção é “sobretudo dedicada aos investigadores de história contemporânea”. O júri, por seu lado, justificou a atribuição a Irene Pimentel com o facto de ser “uma das figuras mas notáveis da histografia portuguesa”. Segundo Francisco Pinto Balsemão, presidente do júri, a historiadora tem “estudado temas difíceis e polémicos”, destacando o facto de Irene Pimentel estar “do lado da liberdade e dos Direitos Humanos”, disse.
O prémio, no valor de 50 mil euros, será, segundo a historiadora, investido no financiamento de outras investigações que tem em curso. Nesta altura, a historiadora trabalha numa investigação sobre os tribunais no período do Estado Novo.
Além de ‘Mocidade Portuguesa Feminina’, Irene Pimentel lançou ainda este ano ‘A História da Pide’ e ‘Vítimas de Salazar’. O ano passado lançou ‘Os Judeus em Portugal Durante a II Guerra Mundial’.
“Estudo o Estado Novo há muitos anos até porque foi um período em que vivi e que sempre me interessou”, disse à Lusa.
Irene Pimentel foi a escolhida entre 29 candidaturas, nove da sociedade civil e 20 sugeridas pelos jurados, precisou Pinto Balsemão.
PERFIL
Irene Flunser Pimentel (57 anos) licenciou-se em História pela Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa, em 1984, concluiu o Mestrado em História Contemporânea e acabou este ano o doutoramento sobre a Pide. É ainda colaboradora da revista ‘História’ e foi a autora portuguesa numa obra europeia sobre o Holocausto.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)