Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Hollywood dá prémio

O português Nuno Maló é o vencedor do Prémio Compositor Revelação, atribuído anualmente pela Associação Internacional de Críticos de Música para Cinema, em Los Angeles (EUA), a meca do cinema de Hollywood.
26 de Fevereiro de 2011 às 00:30
Nuno Maló contribuiu para o filme biográfico de Amália Rodrigues
Nuno Maló contribuiu para o filme biográfico de Amália Rodrigues FOTO: direitos reservados

"Ainda estou nervoso com toda esta excitação" disse ontem ao CM o vencedor, que vive e trabalha em Los Angeles. O troféu distingue a música de ‘Amália - O Filme’, de Carlos Coelho da Silva, cuja banda sonora também estava nomeada.

Para Manuel S. Fonseca, da Valentim de Carvalho Filmes, produtora da obra, "este é um prémio importantíssimo". "O Nuno tem muito talento e a sua carreira vai se internacionalizar cada vez mais", afirmou.

De facto, "isso já está a acontecer", confirmou o músico, que está a analisar uma proposta para dar música a ‘No God, No Master’, filme de Terry Green com David Strathairn. Já no cinema nacional não faltam exemplos: as músicas de ‘Assalto ao Santa Maria’, de Francisco Manso; ‘Contraluz’, de Fernando Fragata; ou ‘A Arte de Roubar’, de Leonel Vieira, têm a assinatura de Maló .

Para ‘Amália – O Filme’, protagonizado por Sandra Barata Belo (na pele da mais famosa fadista de sempre), Maló compôs 20 orquestrações que a Filarmónica de Budapeste interpretou.

O compositor nasceu na Madeira há 33 anos, viveu desde os três em Lisboa e está radicado em Los Angeles desde 1996. Na categoria de Compositor Revelação, concorria com os Daft Punk (pela banda sonora de ‘Tron: O Legado’), entre outros.

HOLLYWOOD NUNO MALÓ CINEMA FILME PRÉMIO
Ver comentários