Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Inês Pedrosa vence Prémio Máxima de Literatura

A escritora Inês Pedrosa venceu com o seu último romance, 'Os Íntimos', o Prémio Máxima de Literatura, no valor de quatro mil euros, anunciou esta sexta-feira a sua editora, a Dom Quixote.
23 de Setembro de 2011 às 15:19
Inês Pedrosa foi premiada pelo seu mais recente romance "Os Íntimos"
Inês Pedrosa foi premiada pelo seu mais recente romance 'Os Íntimos' FOTO: Tiago Sousa Dias

"Foi uma grande alegria, pois o reconhecimento é sempre bom. Procurei mexer em feridas actuais e muito concretas. Tinha a esperança de que o livro fosse compreendido", disse a escritora ao CM. 

Esta é a segunda vez que lhe é entregue a distinção depois de, em 1998, ter sido premiada por 'Nas Tuas Mãos'.  

O prémio foi atribuído por unanimidade por um júri composto por Maria Helena Mira Mateus, Valter Hugo Mãe, Leonor Xavier e Laura Torres.

Inês Pedrosa sublinhou a qualidade das pessoas que tomaram a decisão e, apesar de afirmar que "não se pode viver na literatura como numa passarelle de moda", disse que tem a esperança de que a distinção chame atenção daqueles que ainda não leram 'Os Íntimos'.

O Prémio Máxima Ensaio foi para Maria de Fátima Bonifácio, por 'Monarquia Constitucional 1807-1910' (Texto), e o Prémio Máxima Especial coube à escritora Hélia Correia. Este ano não foi atribuído o Prémio Revelação.

Nascida em 1962, Inês Pedrosa iniciou a carreira como jornalista e, desde Fevereiro de 2008, é directora da Casa Fernando Pessoa. A escritora tem obra publicada em Espanha, em Itália, no Brasil e na Alemanha.   

inês pedrosa romance os íntimos prémio literatura Valter Hugo Mãe
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)