Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

INSPIRAÇÃO E VIRTUOSISMO

Terça-feira, numa Aula Magna bem composta, Egberto Gismonti e Olívia Byington interpretaram canções originais de Gismonti, com letras do poeta Geraldo Carneiro.
30 de Setembro de 2004 às 00:00
O concerto pôs à vista o lado erudito dos trabalhos do compositor e instrumentista brasileiro, enquanto que Olívia Byington, soprano ligeiro, mostrou ser uma cantora de grande capacidade interpretativa. Além da linda voz, fez das composições de Gismonti verdadeiras odes à beleza musical.
Ao piano e guitarra, Gismonti mostrou dotes de grande instrumentista, sobretudo ao piano e, em especial, no solo de encerramento da primeira parte, uma peça digna de um grande compositor clássico. O seu estilo tem muito a ver com Keith Jarrett e nas suas guitarras de oito e dez cordas a influência de Ralph Towner é perceptível. Em resumo, foi um rosário de temas plenos de estética melódica e harmónica a que Olívia deu uma vida suplementar.
Os músicos seguem entretanto para o Porto, onde se apresentarão amanhã num encontro com fãs, a realizar na Fnac de St.ª Catarina, às 19h00.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)