Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

Jackson com maior contrato de sempre depois de morto

É um recorde para Michael Jackson mas só surgiu agora, quase nove meses depois de ter morrido: a Sony Music assinou um contrato discográfico com os administradores do património do rei da pop avaliado em 182 milhões de euros (250 milhões de dólares).
16 de Março de 2010 às 12:04
Cantor morreu em Junho do ano passado
Cantor morreu em Junho do ano passado FOTO: Agência

O contrato prevê o lançamento de dez discos, além de permitir os direitos sobre a obra do autor de ‘Thriller’ nos próximos sete anos. Em cima da mesa está também o lançamento de um álbum com temas inéditos que será lançado em Novembro, vários videojogos e DVD, além da reedição do seu disco de 1979, ‘Off the Wall’.

De acordo com o ‘The Times’, a Sony prevê ainda lançar um disco duplo alusivo a ‘This is It’, filme estreado depois da morte do cantor e que já deu azo a uma banda sonora.

Segundo John Blanca, um dos administradores do património do cantor que faleceu aos 50 anos, existem cerca de 60 temas inéditos e o contrato agora assinado mostra “que o futuro de Jackson é ilimitado”.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)