Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Jackson marca pontos

As coisas podem estar a mudar a favor de Michael Jackson. Ontem, em mais uma sessão de julgamento, Star Avizo o irmão mais novo do rapaz que acusa o cantor de abuso sexual, admitiu ter mentido ao dizer que Jackson lhe havia mostrado a revista pornográfica que a acusação pretendia anexar ao processo.
10 de Março de 2005 às 00:00
A defesa de Jackson conseguiu provar que a referida publicação só foi editada meses depois do alegado abuso ter acontecido.
O rapaz admitiu ainda que já tinha mentido, sob juramento, num outro processo quando disse que a sua mãe e o seu pai nunca discutiam e que este nunca lhe tinha batido.
O rapaz é a única testemunha que diz ter visto o irmão mais velho Gavin a ser molestado por Jackson pelo que à defesa cabe agora argumentar que Star é reincidente no que toca à falsificação de testemunhos.
Entretanto, o relações públicas de Jackson, Raymond Bain afirmou que o cantor está “magoado e envergonhado” com as acusações. Uma clara referência ao testemunho de Star que foi considerado pela defesa como “indecente e obsceno”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)