Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Jornalista despedida por causa de Rihanna

A editora de uma revista de moda holandesa foi despedida por se ter referido à cantora Rihanna de forma menos própria. Eva Hoeke, que ocupava o cargo de editora da revista ‘Jackie’ há oito anos, usou um termo considerado racialmente ofensivo num texto e causou uma onda de protestos que chegou à própria cantora. Mas mesmo depois da jornalista se ter retractado, colocando uma explicação e um pedido de desculpas no Twitter, teve de abandonar o seu cargo e deixar a revista.
21 de Dezembro de 2011 às 21:24
Rihanna sentiu-se ofendida pelo artigo, mas não foi a única: uma onda de protestos encheu as redes sociais e obrigou ao afastamento da autora da peça
Rihanna sentiu-se ofendida pelo artigo, mas não foi a única: uma onda de protestos encheu as redes sociais e obrigou ao afastamento da autora da peça FOTO: Mariline Alves

“A sua revista deu um triste exemplo da evolução dos direitos humanos”, foi o comentário de Rihanna, que acrescentou sentir-se ofendida com o artigo, que tentava ensinar as jovens adolescentes a vestirem-se à moda. 

O tópico considerado ofensivo pretendia dar dicas às jovens para se vestirem como uma estrela pop.

Cultura Música polémica comentário racista Rihanna revista 'Jackie'
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)