Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

JUIZ PROÍBE 70 PROVAS

É a primeira grande vitória de Michael Jackson no caso dos alegados abusos sexuais a menores. O juiz que tem o caso a seu cargo mandou que fossem retiradas do processo cerca de 70 provas recolhidas no rancho do cantor, impedindo assim que estas possam vir a ser usadas em julgamento.
25 de Agosto de 2004 às 00:00
Rodney Melville, definiu desta forma as primeiras regras do processo, dando como provada, por parte da defesa, a ilegalidade da recolha de algumas provas aquando da rusga realizada ao rancho do cantor em Novembro de 2003.
O juiz foi mesmo ao ponto de dizer que só autorizava a apresentação de apenas 34 provas a menos que o Procurador Público e os advogados de acusação o consigam convencer da utilidade e ilegalidade das restantes provas, algo que só poderão fazer até ao próximo dia 3 de Setembro.
A próxima audição preliminar está marcada agora para dia 16 de Setembro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)