Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

La Féria procura Cristo no Norte

A vontade de Filipe La Féria em montar o primeiro espectáculo de raiz no Porto teve uma resposta maciça por parte dos jovens candidatos a actores. Cerca de 200 tentaram a oportunidade no casting para o musical ‘Jesus Cristo Superstar’, que o encenador promoveu ontem no Teatro Rivoli e que estará em cena a partir de Maio.
30 de Março de 2007 às 00:00
Cerca de 200 candidatos tiveram dois minutos para mostrar as capacidades vocais a La Féria
Cerca de 200 candidatos tiveram dois minutos para mostrar as capacidades vocais a La Féria FOTO: António Rilo
Nos corredores do teatro viveram-se momentos de grande ansiedade, porque todos tinham consciência de que os dois minutos de audição constituíam uma oportunidade única. Por entre algumas unhas ruídas, os candidatos iam soltando a voz para preparar a prova de fogo. Quarenta concorrentes terão possibilidade de cumprir o sonho.
A qualidade dos aspirantes a actor, a quem além dos dotes vocais se exigia que soubessem dançar, parece ter agradado a La Féria.
“Estou muito contente porque já ouvi aqui vozes absolutamente extraordinárias. No Norte há enormes valores que é preciso revelar”, disse o encenador.
O musical, que La Féria garantiu que será todo cantado em português, é uma ópera rock que retrata a última semana de vida de Jesus, com enfoque nas lutas políticas e pessoais de Judas e Jesus. Para colocar ‘Jesus Cristo Superstar’ em cena serão necessárias centenas de pessoas, pelo que se trata de um espectáculo caro. Apesar de não revelar valores, o encenador não está preocupado porque já garantiu o patrocínio de entidades privadas.
GESTÃO DO RIVOLI NUM IMPASSE
Em Dezembro do ano passado, a Câmara do Porto entregou a concessão do Teatro Rivoli a La Féria, mas desde que os vereadores do Partido Socialista interpuseram uma providência cautelar nos tribunais, que a situação se mantém num impasse. Sem dar muitas explicações, La Féria afirmou que ‘Jesus Cristo Superstar’, que estará em cena pelo menos seis meses, foi um “convite da comissão de acolhimento do Rivoli”. Quanto a algumas críticas feitas por grupos teatrais do Porto, de que prejudicaria o serviço público feito pelo teatro municipal, o encenador foi cáustico: “Claro que as minhas peças são uma forma de serviço público. Veja-se como milhares de pessoas vão a Lisboa, não só portuguesas como espanholas, para ver o ‘Música no Coração’”, disse.
DEPOIMENTOS
"ERA UM SONHO FAZER DE JESUS" Rui Andrade | 22 anos
Rui Andrade já não é propriamente um novato nestas andanças. Já participou no programa da SIC, ‘Ídolos’, encantou no Coliseu ao lado de Rita Guerra. Apesar de ter achado a prova “difícil”, tem esperanças de cumprir o objectivo que traçou. “Agora tenho o sonho de fazer a personagem de Jesus neste musical”, confessou o jovem de 22 anos.
"ERA UMA ÓPTIMA OPORTUNIDADE" Barbara Andrez | 24 anos
A jovem actriz anda à procura de uma oportunidade de dar nas vistas. Bárbara acabou de concluir o curso de teatro e apesar de não ter experiência em musicais, encarava com bons olhos a hipótese de encarnar a personagem de Maria Madalena. “Era uma excelente oportunidade. Não treinei muito, até porque não tive muito tempo”, confessa.
"LA FÉRIA É SEMPRE UMA REFERÊNCIA" Alicia Izquierdo | 27 anos
A jovem espanhola vive no Porto e como tem o curso de interpretação decidiu arriscar. “Vi o anúncio no jornal. Como era o La Féria o responsável chamou-me a atenção”, confessa Alicia. “Preparei uma música, mas só tive um dia para o fazer. De qualquer forma estou muito confiante”, afirmou.
Ver comentários