Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

Leitores obrigam à reposição de livro erótico

O livro tem descrições pormenorizadas de actos sexuais – e muitos apressaram-se a pôr-lhe o carimbo de ‘pornográfico’, o que levou à sua proibição nas livrarias da Florida, EUA. Mas os leitores não gostaram e foram para a rua reclamar contra o que chamam de censura. ‘Fifty Shades of Grey’ acaba de ser reposto nas prateleiras do condado de Brevard, e volta a figurar ao lado de clássicos como o ‘Kama Sutra’, ‘Trópico de Cancer’, de Henry Miller, ou ‘Fanny Hill’, de John Cleland.
9 de Junho de 2012 às 21:36
A escritora E.L. James continua a somar pontos com a trilogia erótica que é a sua estreia literária e já a transformou numa mulher rica
A escritora E.L. James continua a somar pontos com a trilogia erótica que é a sua estreia literária e já a transformou numa mulher rica FOTO: D.R.

“Não pode haver lugar para a censura nas livrarias da Florida”, escreveram, a quatro mãos, os porta-vozes da Fundação para as Liberdades Civis na Florida e a União Nacional contra a Censura, que se congratularam com o regresso dos exemplares às prateleiras. 

Quem continua a somar pontos é a autora da trilogia erótica, E.L. James, cujo sucesso lhe tem valido muitos milhares de euros na conta bancária.

Cultura Literatura 'Fifty Shades of Grey' E.L. James pornografia literatura erótica Kama Sutra
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)