Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

Los Hermanos em dose dupla

Nos dias 6 e 7 de Setembro (3.ª e 4.ª feira) os Los Hermanos sobem ao palco do Clube Lua e da Casa da Música, respectivamente, para apresentar o mais recente disco de originais do colectivo brasileiro, intitulado «4», e que conta com a participação da família Morelenbaum, entre outros excelentes músicos brasileiros.
5 de Setembro de 2005 às 19:41
Los Hermanos
Los Hermanos FOTO: d.r.
Marcelo Camelo canta o amor. E canta como ninguém. Este 'cantautor' - responsável pela composição de temas para artistas como Maria Rita - é o principal mentor do grupo brasileiro Los Hermanos, composto cinco jovens cariocas que fazem música por prazer. Músicas que falam de sentimento e, sobretudo, de amor platónico. Los Hermanos fazem música com sinceridade e orgulham-se disso.
O colectivo começou a tocar, ainda os seus elementos eram jovens universitários. A formação da banda foi sofrendo alterações ao mesmo tempo que o grupo tentava mostrar o seu trabalho ao público, realizando vários espectáculos. Após a gravação de duas demos, a música dos Los Hermanos começa a "disseminar-se" pelo Rio de Janeiro, e as pessoas começam a reconhecê-las.
A curiosidade dos media é inevitável e a banda acaba por receber um convite para participar no festival «Abril Pro Rock» (Recife). Do cartaz faziam parte nomes já consagrados como Arnaldo Antunes, Sepultura e Marcelo D2. Após a subida ao palco dos Los Hermanos, a estranheza inicial do público dá lugar à curiosidade e, posteriormente à rendição total.
O espectáculo do colectivo do Rio de Janeiro foi considerado um sucesso e os Los Hermanos são apontados como a «revelação» do festival. «Anna Júlia» passou a ser o cartão de visita da banda. O tema, retirado do primeiro álbum (homónimo) da banda (1999), tornou-se um fenómeno de popularidade e a consequente repercussão na imprensa atirou o nome Los Hermanos para a ribalta.
Após o sucesso abrupto atingido em 1999 e que teve continuidade em 2000, com a extensa digressão pelo Brasil, a banda decide parar e voltar a compor. Refugiam-se nos arredores do Rio durante dois meses, num lugar com a serenidade necessária que requer o processo de composição. Nasce assim «Bloco do Eu Sozinho» (2000), o segundo registo da banda que é posteriormente é nomeado para vários prémios como «Melhor Disco do Ano».
Depois do sucesso de «Bloco do Eu Sozinho», a banda isolou-se novamente, desta feita em Petrópolis. O resultado desta ermitagem é «Ventura», o disco da banda que «representa uma mudança na sonoridade em relação ao álbum anterior».
Agora, com um novo álbum, um pouco mais velhos mas com um espírito ainda jovem, Los Hermanos, cuja «beleza das melodias contrasta com a pulsação frenética das músicas», querem ter a liberdade de criar sem qualquer tipo de pressões externas. Mas os 'meninos', esses, hão-de continuar a falar de amor... sempre.
Ambos os espectáculos em Portugal têm início às 22h00 e os bilhetes estão à venda, ao preço único de 20 euros, na Ticketline (Reservas: 351 210036300 e www.ticketline.pt), Multibanco, Fnac e locais habituais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)