Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

"Foi aqui em Lisboa que tudo começou": As imagens do primeiro concerto de Madonna no Coliseu

‘Rainha da pop’ interpretou ‘Fado Pechincha’ e ‘Sôdade’ de Cesária Évora.
Catarina Figueiredo 14 de Janeiro de 2020 às 08:50
As imagens do primeiro concerto de Madonna em Lisboa
As imagens do primeiro concerto de Madonna em Lisboa
As imagens do primeiro concerto de Madonna em Lisboa
Madonna está em Lisboa até dia 23. Vai dar um total de oito concertos no Coliseu de Lisboa, já esgotados
As imagens do primeiro concerto de Madonna em Lisboa
As imagens do primeiro concerto de Madonna em Lisboa
As imagens do primeiro concerto de Madonna em Lisboa
Madonna está em Lisboa até dia 23. Vai dar um total de oito concertos no Coliseu de Lisboa, já esgotados
As imagens do primeiro concerto de Madonna em Lisboa
As imagens do primeiro concerto de Madonna em Lisboa
As imagens do primeiro concerto de Madonna em Lisboa
Madonna está em Lisboa até dia 23. Vai dar um total de oito concertos no Coliseu de Lisboa, já esgotados
"Este é um concerto muito emotivo para mim. Foi aqui, em Lisboa, que tudo começou." As palavras foram proferidas por Madonna no domingo. A ‘rainha da pop’ regressou a ‘casa’ e deixou o Coliseu dos Recreios ao rubro no primeiro dos oito concertos na capital portuguesa, que fazem parte da digressão ‘Madame X’. Numa sala praticamente lotada - mas sem apagar o ambiente intimista - a cantora mostrou-se grata pelas influências lisboetas que ditaram o processo criativo do seu último álbum.

Ao lado de Gaspar Varela, bisneto da fadista Celeste Rodrigues, Madonna interpretou o ‘Fado Pechincha’. "É a melhor música do Mundo", disse, referindo-se ao estilo musical português, perante uma plateia orgulhosa do património lusitano.

Em palco, a artista recordou os seus primeiros tempos em Lisboa. "Estava deprimida, sentia-me muito só. Não tinha vida social", contou. Tempos difíceis que tiveram fim quando a norte-americana conheceu um leque de artistas portugueses que a introduziram numa viagem por vários estilos musicais, tais como o batuque e a morna de Cabo Verde.

Ao lado de Dino d’Santiago, a cantora homenageou o estilo musical que Cesária Évora imortalizou (e que recentemente foi elevado a Património Imaterial da UNESCO), com uma versão de ‘Sôdade’.

O espetáculo ficou ainda marcado pela proibição do uso de telemóvel. "Estou feliz por ver as vossas caras e não os vossos telefones", disse ao som dos aplausos de um Coliseu rendido. A digressão ‘Madame X’ está em Lisboa até dia 23. Todas as sessões estão esgotadas.
Coliseu dos Recreios Lisboa Madonna Madame X artes cultura e entretenimento música
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)