Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Madredeus regressam em outubro

Grupo criado pelo compositor Pedro Ayres Magalhães edita sucessor de ‘essência’.
Pedro Rodrigues Santos 16 de Maio de 2015 às 20:02
Pedro Ayres Magalhães
Pedro Ayres Magalhães FOTO: Pedro Catarino

Será um disco com canções mais sossegadas, onde os arranjos e os sons dos instrumentos irão envolver a voz da Beatriz Nunes a contar a história que cada tema esconde." Pedro Ayres Magalhães revela ao ‘Êxito’ a estrutura do sucessor de ‘Essência’, que os Madredeus preveem lançar em outubro.

Ainda sem título definido, o novo álbum – que terá 10 a 12 temas – está já na fase das misturas finais. O projeto foi idealizado há dois anos pelo compositor e a harpista Ana Isabel Dias, com o apoio de Carlos Maria Trindade.

"O disco segue o espírito das canções mais contemporâneas do grupo", refere Pedro Ayres Magalhães. "Continuam a ser temas dedicados à saudade, onde a cantora ganha a identidade de uma pessoa que está à espera de algo", como costuma assentar o cenário em que o grupo se move.

Ao contrário do último registo, este trabalho apoia-se numa solução musical ainda mais acústica. "Em ‘Essência’, havia um duelo mais intenso entre a Beatriz Nunes e os outros elementos do grupo. Agora, será a voz dela a ganhar uma maior preponderância", conclui Pedro Ayres Magalhães.

Madredeus grupo outubro essência compositor Ayres magalhães costa projeto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)