Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Maestrina da Sinfónica vai custar 212 mil euros

Joana Carneiro assumiu funções a 1 de abril deste ano e vai continuar como maestro titular até 31 de julho de 2019.
Ana Maria Ribeiro 12 de Dezembro de 2017 às 01:30
Joana Carneiro dirigiu a Orquestra Filarmónica Real de Estocolmo, na cerimónia de entrega dos prémios Nobel
Maestrina portuguesa, Joana Carneiro, é elogiada no The Guardian
Joana Carneiro
Joana Carneiro dirigiu a Orquestra Filarmónica Real de Estocolmo, na cerimónia de entrega dos prémios Nobel
Maestrina portuguesa, Joana Carneiro, é elogiada no The Guardian
Joana Carneiro
Joana Carneiro dirigiu a Orquestra Filarmónica Real de Estocolmo, na cerimónia de entrega dos prémios Nobel
Maestrina portuguesa, Joana Carneiro, é elogiada no The Guardian
Joana Carneiro
Foi esta segunda-feira publicada em Diário da República a "repartição de encargos relativa à aquisição de serviços" de maestro titular da Orquestra Sinfónica Portuguesa do Teatro Nacional de São Carlos, função que é desempenhada pela maestrina Joana Carneiro desde 1 de abril deste ano.

De acordo com o documento, o Opart — Organismo de Produção Artística vai pagar o montante total de 212 mil euros à artista portuguesa, por um contrato que é válido até 31 de julho de 2019.

Contas feitas, o ordenado auferido pelo maestro titular ronda os 7500 euros mensais brutos (contas a 12 meses), valor que, de acordo com fonte interna do organismo, se tem mantido fixo nos últimos anos. "Estes são os mesmos valores do triénio anterior – não houve aumento nem diminuição de valores", esclarece a fonte.

O cargo de maestro titular da Sinfónica tem sido atribuído por convite direto e resulta de "um entendimento entre o Conselho de Administração do Opart e o diretor artístico do São Carlos, com o assentimento da tutela", diz ainda a mesma fonte.

Neste caso, o cargo nem sequer exige exclusividade: Joana Carneiro é também maestrina convidada da Orquestra Gulbenkian e diretora artística do Estágio Gulbenkian para Orquestra e, desde 2009, exerce o cargo de diretora musical da Sinfónica de Berkeley, nos EUA.

Neste fim de semana, dirigiu a Orquestra Filarmónica Real de Estocolmo no concerto da cerimónia de entrega dos prémios Nobel, que teve lugar na capital sueca.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)