Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Maria João Pires nega dívida

A Associação de Belgais, presidida pela pianista Maria João Pires, contesta a dívida de 85 mil euros reclamada por uma editora, que levou ao arresto de bens pelo Tribunal.
16 de Março de 2005 às 00:00
“A Associação Belgais sempre honrou e honrará as suas responsabilidades e as suas actividades continuarão a existir”, lê-se no comunicado emitido pela associação sediada em Castelo Branco.
No documento, a associação nega também que tenha rompido unilateralmente o contrato com a editora Ediraia, alegando que “foi negociado entre as partes um pré-acordo de rescisão”. “Para execução deste acordo apenas faltava a assinatura da Ediraia. Numa atitude sem precedentes e por má-fé, a editora intentou de eivada falsidade uma providência cautelar, pondo em causa o bom-nome da associação Belgais e de Maria João Pires”, defende-se a Associação de Belgais.
Referindo-se concretamente à situação da pianista, o documento afirma que João Pires continua a assumir a presidência da Belgais, “não fugindo em qualquer momento a qualquer das suas responsabilidades, como pianista ou como responsável artística”, negando a dívida de 85 mil euros: “Qualquer montante que seja considerado como dívida será declarado em sede própria, ou seja, juridicamente”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)