Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

MATTEL PERDE CAUSA EM DEFESA DA ‘BARBIE’

O fabricante de brinquedos Mattel perdeu o recurso contra a editora discográfica MCA Records, que acusava de aproveitar-se da reputação da sua boneca “Barbie” com a canção “I’m a Barbie Girl”, interpretada pelo grupo dinamarquês “Aqua”.
29 de Janeiro de 2003 às 13:42
A canção foi um sucesso comercial em 1997, e tanto a sua letra como as imagens do teledisco continham alusões explícitas à famosa boneca da Mattel, sendo que a empresa alegou que a canção induzia à confusão dos consumidores e prejudicava a marca “Barbie”.

Em resposta a esta acusação, a MCA Records defendeu-se afirmando que a canção era um “comentário social” e que o disco incluía uma nota explicativa, a avisar que o conteúdo das letras nada tinha a ver com o fabricante de brinquedos.

Depois de perder o primeiro julgamento, a Mattel decidiu apelar, em Julho de 2002, ao Supremo Tribunal dos EUA, que considerou que a canção “I’m a Barbie Girl” é apenas uma “paródia” permitida pela liberdade de expressão e não põe em causa a imagem de marca da boneca mais famosa do Mundo.
Ver comentários