Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

MILAGRE EM MONSANTO

É um sonho tornado realidade. Dulce Pontes e Ennio Morricone actuam juntos em Portugal no próximo dia 28 num espectáculo incluído nas Festas de Lisboa, que decorrem até ao dia 25 de Setembro. Para a cantora, trata-se de "um milagre", escreveu no seu 'site'.
4 de Junho de 2004 às 00:00
Dulce Pontes e Ennio Morricone durante as sessões que resultaram no álbum 'Focus'
O espectáculo intitulado 'Ennio Morricone dirige Ennio Morricone/ Dulce Pontes canta Ennio Morricone' terá lugar no Anfiteatro Keil do Amaral, em Monsanto, e assinala a estreia absoluta do compositor italiano em Portugal. Morricone e Dulce Pontes contarão ainda com a presença da Roma Sinfonieta Orquestra.
Ao que o CM apurou, o espectáculo será dividido em duas partes, numa das quais Morricone interpretará algumas das suas principais composições. Na segunda metade, Dulce Pontes juntar-se-á ao maestro para um concerto que terá por base o álbum 'Focus', gravado pelos dois artistas.
O espectáculo foi encomendado pelo departamento de Cultura da Câmara Municipal de Lisboa em resposta a um pedido da organização do Euro'2004 para que levasse a cabo um grande evento durante o período das festas de Lisboa, e é apenas um dos grandes eventos do programa (ver apoio).
Referindo-se ao concerto no seu sítio oficial na internet, Dulce Pontes fala de um sonho tornado realidade, sublinhando que "quando tudo parecia perdido deu-se o milagre".
PARCERIA PARA DURAR
Dulce Pontes encontra-se actualmente em Tóquio para participar como artista convidada nos concertos de Ennio Morricone hoje, amanhã e depois no Tokyo Internacional Forum, o mais recente empreendimento cultural da cidade onde interpretará, entre outros, os temas 'A Brisa do Coração' do filme 'Afirma Pereira', 'Luz Prodigiosa' e 'Balada de Saco e Vanzetti'.
As entradas para o espectáculo de Lisboa serão gratuitas e a Carris vai disponibilizar uma carreira que fará a ligação entre Belém e o Anfiteatro, que tem capacidade para albergar cerca de 45 mil pessoas.
O 'SR. BANDAS SONORAS'
Ennio Morricone é muito provavelmente o mais famoso compositor de bandas-sonoras do século XX. Diz-se que o seu talento está patente em mais de 500 filmes, alguns deles bem conhecidos de todos nós como 'O Bom, o Mau e o Vilão', 'Era Uma vez no Oeste', 'O Exorcista II', 'A Missão', 'Era Uma vez na América', 'Cinema Paraíso', 'o Fantasma da Ópera' e 'Kill Bill Vol. 1'. As suas colaborações têm-se estendido também um pouco por todas as áreas. Para além de Dulce Pontes, Morricone já emprestou os seus serviços a nomes como Joan Baez, Sarah Brightman, Chico Buarque, Astrud Gilberto, Mario Lanza, John Zorn e Zucchero, entre muitos outros. Com 76 anos de idade conta um Grammy conquistado e meia dúzia de nomeações para os Óscares.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)