Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

Milhares acampados às portas do Boom

Milhares de pessoas estão acampadas na zona envolvente da Barragem Marechal Carmona, em Idanha-a-Nova, porque não conseguiram o bilhete de ingresso para o Boom Festival. Sem grandes condições de salubridade, os campistas intitulam a iniciativa de ‘AntiBoom’.

17 de Agosto de 2008 às 00:30
Cerca de oito mil pessoas estão acampadas na barragem de Idanha porque não têm bilhete para o certame
Cerca de oito mil pessoas estão acampadas na barragem de Idanha porque não têm bilhete para o certame FOTO: Nuno André Ferreira

João Pires, de 20 anos, deslocou-se de Campo Maior para participar no Festival Boom, mas ficou à porta. "Viemos para o Boom, mas quando chegámos já não vendiam mais bilhetes e foi quando nos falaram da animação deste lado", conta, referindo que "a diversão é a mesma sem ter de se pagar".

Por sua vez, um grupo que veio de Sevilha (Espanha) já tinha como destino marcado o AntiBoom. "O Festival Boom é muito caro e não tem um programa muito variado. Por isso, estamos aqui deste lado", refere um dos elementos.

A grande diferença em relação ao festival original, para quem chega ao AntiBoom, é a ‘desorganização’, onde se nota a falta de ordenamento do espaço e das condições de salubridade – não existem sanitários, chuveiros, nem água potável. A água da barragem é usada para tudo, desde a higiene pessoal ao divertimento das pessoas e cães que também se passeiam por ali, misturados com crianças, droga, lixo e excrementos.

Entretanto, o Boom ficou ontem de madrugada marcado pela morte de um cidadão francês, com idade a rondar os 35 anos, vítima de uma paragem cardiorrespiratória. Ainda foi assistido por uma equipa médica do INEM, mas chegou ao Hospital de Castelo Branco já sem vida.

MAIS DETALHES

GNR NA CAÇA À DROGA

Nos primeiros cinco dias do festival, a GNR deteve e identificou três dezenas de indivíduos por suspeita e tráfico de droga e apreendeu centenas de doses.

EVENTO MULTICULTURAL

O Boom é um evento multicultural de realização bienal, que este ano contou com a presença de 800 artistas de várias partes do Mundo.

MECHANISM FECHAM

A banda portuguesa Blasted Mechanism fecha o Boom Festival, num concerto previsto para amanhã à noite.

Ver comentários