Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

MINISTRO GIL CANTA O FADO

O cantor e compositor Gilberto Gil, ministro da Cultura do Brasil, cantou quinta-feira ao lado do guitarrista António Chainho, na abertura da exposição "Amar o outro mar - a pintura de Malhoa", no Rio de Janeiro.
12 de Abril de 2003 às 01:25
Gilberto Gil (com o ministro Pedro Roseta) quebrou o protocolo e interpretou Mar de Copacabana
Gilberto Gil (com o ministro Pedro Roseta) quebrou o protocolo e interpretou Mar de Copacabana FOTO: Merci Gonçalves (Lusa)
Com arranjos de fado, Gilberto Gil apresentou o samba "Mar de Copacabana" para uma plateia formada por artistas, representantes da comunidade portuguesa e pelo ministro da Cultura de Portugal, Pedro Roseta. "Portugal é uma nação incorporada ao nosso mundo brasileiro", disse Gilberto Gil na abertura da exposição no Museu Histórico Nacional (MHN).
"É uma grande honra poder tocar com este grande cantor", disse por seu lado António Chainho, que continuou a sua actuação, após a rápida parceria com Gilberto Gil, ao lado da cantora portuguesa Marta Dias e dos artistas brasileiros, Tuniko Goulart e Eduardo Miranda.
Patente até 1 de Junho, a exposição reúne, pela primeira vez no estrangeiro, toda a obra do Museu Malhoa, nas Caldas da Rainha, terra natal do artista.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)