Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Mona Lisa vizinha de Da Vinci

Durante séculos a Mona Lisa de Leonardo Da Vinci inspirou as mais intensas pesquisas com o objectivo de tentar desvendar a identidade daquele rosto que, com um sorriso que não se desfaz, parece estar sempre a fitar-nos.
20 de Janeiro de 2007 às 00:00
Lisa era casada com um comerciante de apelido Giocondo
Lisa era casada com um comerciante de apelido Giocondo FOTO: D.R.
Historiadores e investigadores de todo o Mundo especularam sobre a mulher por detrás do célebre quadro e, agora, Giuseppe Pallanti veio revelar novos dados sobre Mona Lisa e dizer que ela está enterrada num convento em Florença.
O investigador italiano foi mais longe e apurou ainda que Mona Lisa, cujo nome era Lisa Gherardini, era descendente de uma família da burguesia rural de Florença, era muito próxima do pintor que a retratou algures entre 1503 e 1506, já que morou em frente à casa da família Da Vinci. Além da proximidade geográfica, também o seu marido mantinha relações comerciais com o notário Piero Da Vinci, pai de Leonardo.
Segundo as pesquisas de Pallanti num arquivo florentino, Lisa Gherardini, mulher de um comerciante de Florença, Francesco del Giocondo – também (por isso) conhecida como Gioconda – faleceu a 15 de Julho de 1542, aos 63 anos.
No registo de falecimentos da paróquia de San Lorenzo consultado por Pallenti constam ainda referências aos últimos anos que Lisa, doente e já viúva, passou no Convento de Santa Úrsula, assistida por uma monja chamada Lúcia, em cumprimento de uma disposição do marido. Segundo o estudioso, o convento, que pertence ao Estado italiano, encontra-se abandonado.
A comprovar ainda a notoriedade pública da musa de Da Vinci, segundo a investigação o funeral da mulher que inspirou um dos quadros mais célebres do Mundo reuniu todos os responsáveis religiosos da paróquia de San Lorenzo.
RECÉM-MAMÃ QUANDO POSOU
Já passaram cinco séculos sobre o momento de inspiração de Da Vinci perante Lisa Gherardini, mas o Mundo artístico continua ansioso por detalhes sobre a vida daquela mulher de sorriso enigmático. Mona Lisa foi uma mulher real e as novas tecnologias ajudam a comprová-lo. Em Setembro, o investigador Bruno Monti concluiu que Lisa acabara de ser mãe pela segunda vez quando posou para Da Vinci.
Através do recuso a infravermelhos tridimensionais descobriu que o vestido de Lisa está coberto por um véu de gaze transparente, o que, à data, significava que a mulher estava grávida ou dera à luz recentemente. Assim, reforça-se a teoria de alguns historiadores que defendem que o quadro teria sido encomendado por Giocondo para celebrar o nascimento do segundo filho do casal.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)