Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Montemor é a capital do teatro e do cinema

A 27.ª edição do Citemor arrancou ontem com a estreia de uma emissão experimental de televisão, que pode ser sintonizada no canal 58 da banda UHF em todas as casas da vila de Montemor-o-Velho e por todos os interessados através da internet no endereço www.citemor.tv.
25 de Julho de 2005 às 00:00
Os espectáculos decorrem no Castelo e no Teatro Esther de Carvalho, em Montemor-o-Velho
Os espectáculos decorrem no Castelo e no Teatro Esther de Carvalho, em Montemor-o-Velho FOTO: João Henriques
Transformado no reduto de vanguarda de grande parte das artes cénicas em Portugal, o Citemor, que decorre até 13 de Agosto, surge este ano com uma parceria europeia com o projecto Mira!, que envolve artistas franceses e espanhóis.
A edição de 2005 do Festival de Montemor-o-Velho vai possibilitar o alargamento do Mira! a Portugal, através do Centro de Iniciação do Teatro Esther de Carvalho (CITEC), organizador do festival. Uma colaboração que os intervenientes pretendem que venha a dar frutos e a gerar obras inéditas, envolvendo criadores portugueses.
Tal como em edições anteriores, o Citemor conta com a presença de Rodrigo Garcia, do grupo espanhol La Carnicería Teatro, através do espectáculo ‘Accidens matar para comer’, que sobe ao palco do Teatro Esther de Carvalho, no próximo dia 30. Carlos Marquerie e Cia Lucas Cranach mostram ‘Que me abreve de besos tu boca’, uma reflexão sobre o amor e a morte entre 27 e 29 deste mês. ‘Promenade de tête perdue’, da autoria de Jean Pierre Larroche, será exibido entre 4 e 6 de Agosto.
No cinema, o ciclo ‘Terrenos inóspitos’ vai proporcionar encontros com ‘Stalker’, de Andrei Tarkovsky (dia 26), ‘A vila’, de M. Night Shyamalan (2 de Agosto) e ‘2001: Odisseia no Espaço’ (9), de Stanley Kubrick. Sempre no castelo da vila.
ALTERAÇÕES E APOIOS
EXCESSO
Os organizadores do festival decidiram não incluir espectáculos musicais no programa deste ano. E justificaram a medida com o facto de existir excesso de oferta este Verão.
TEATRO
A programação teatral é variada. Hoje, exibe-se ‘A Barreira Invisível’, de Terrence Malick. Mas até dia 13 de Agosto, haverá pelo menos mais oito espectáculos integrados no Citemor.
APOIOS
Os custos do festival são financiados pelo programa comunitário FEDER. Dos 175 mil euros investidos na edição deste ano, 131 mil estão garantidos pelos subsídios europeus.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)