Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Morna e Bumba Meu Boi consagrados na UNESCO

Música de Cabo Verde e dança do Brasil proclamados Património Imaterial da Humanidade.
Sónia Dias 12 de Dezembro de 2019 às 08:43
A cantora cabo-verdiana Nancy Vieira atuou esta quarta-feira em Bogotá, no âmbito da consagração da morna pela UNESCO
Dança brasileira Bumba Meu Boi também entrou para a lista
A cantora cabo-verdiana Nancy Vieira atuou esta quarta-feira em Bogotá, no âmbito da consagração da morna pela UNESCO
Dança brasileira Bumba Meu Boi também entrou para a lista
A cantora cabo-verdiana Nancy Vieira atuou esta quarta-feira em Bogotá, no âmbito da consagração da morna pela UNESCO
Dança brasileira Bumba Meu Boi também entrou para a lista

A morna, género musical típico de Cabo Verde, foi esta quarta-feira proclamada Património Imaterial Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

A decisão final sobre a ratificação da classificação, que já tinha recebido o aval da comissão de peritos em novembro, foi tomada na 14ª reunião anual do Comité Intergovernamental para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, que decorre desde segunda-feira no Centro de Congressos Agora, em Bogotá, Colômbia. A candidatura contou com o apoio de Portugal.

A cantora Nancy Vieira e o multi-instrumentista Manuel de Candinho, que acompanham o ministro da Cultura Abraão Vicente na comitiva que se deslocou à capital colombiana, presentearam o comité com uma atuação da ‘música rainha’ de Cabo Verde no fim da votação.

Também esta quarta-feira, a dança popular brasileira Bumba Meu Boi, típica da região do Maranhão, entrou para a lista da UNESCO.

Até sábado vão ser analisadas 39 candidaturas, entre as quais a dos Caretos de Pondence.

SAIBA MAIS
2011
foi o ano em que o fado foi considerado Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO. Seguiram-se o cante alentejano (2014), a falcoaria portuguesa (2016) e os bonecos de Estremoz (2017).

Lista desde 2008
A lista do Património Cultural Imaterial da Humanidade, estabelecido pela UNESCO, entrou em vigor em 2008. Antes existia apenas um projeto conhecido como Obras-Primas do Património Oral e Intangível da Humanidade, que integrava 90 obras-primas.

Ver comentários