Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Museu Berardo vai fechar às segundas para poupar

O Museu Coleção Berardo, em Lisboa, vai passar a encerrar ao público, às segundas-feiras, para reduzir custos, revelou nesta quinta-feira à agência Lusa o presidente do Conselho de Administração da Fundação, que gere a entidade.

 

18 de Abril de 2013 às 17:24

Contactado pela agência Lusa sobre o resultado de uma reunião realizada este mês pelo Conselho de Administração (CA) da Fundação Coleção Berardo, o colecionador Joe Berardo indicou que esta "era uma das propostas em cima da mesa para reduzir custos" de funcionamento do museu.

O encerramento do Museu Berardo às segundas-feiras vai começar a 06 de maio, uma data que marcará o fim da filosofia de abertura permanente ao público desde a inauguração, a 25 de junho de 2007.

Nestes quase seis anos de funcionamento, o Museu Berardo, instalado no Centro Cultural de Belém (CCB), apenas encerrava totalmente a 25 de dezembro, dia de Natal.

"Tenho pena de encerrar o museu porque, à segunda-feira, tínhamos muitos turistas. Ao longo destes anos achámos que era importante manter o museu sempre aberto. Mas temos que ser realistas, porque há uma situação de crise e é preciso poupar", comentou Joe Berardo.

Questionado sobre a poupança que irá representar o encerramento do museu às segundas-feiras, o colecionador disse que ronda os 65 mil euros, e há uma estimativa da perda de oito por cento dos visitantes anuais.

"Se conseguirmos um 'sponsor' [mecenas] para pagar esse valor, então poderemos reconsiderar e voltar a abrir o museu às segundas-feiras", acrescentou.

A decisão de encerrar um dia por semana obteve a unanimidade dos representantes do colecionador e do Estado no CA, indicou.

A maioria dos museus públicos encerra à segunda-feira.

Encerram também à segunda-feira, em Lisboa, os museus da Fundação Calouste Gulbenkian, (e nos feriados de 25 de dezembro, 01 de janeiro, domingo de Páscoa e 01 de maio), o Museu da Eletricidade, o Museu da Cidade e, no Porto, o Museu da Fundação de Serralves.

O Museu Arpad Szenes Vieira da Silva, que encerrava às terças-feiras, passou, desde novembro do ano passado, a encerrar mais um dia, à segunda-feira, também para reduzir custos.

Contactada então pela agência Lusa, a diretora do museu, Marina Bairrão Ruivo, indicou que a decisão foi tomada pelo conselho de administração da fundação que gere a entidade, e justificada com a "pouca afluência de público às segundas-feiras".

Sobre o encerramento do Museu Berardo à segunda-feira, fonte oficial da tutela, contactada pela Lusa, respondeu que o secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, "entende que as normas de funcionamento do Museu Berardo se devem aproximar, no que diz respeito a horários e bilheteiras, aos museus tutelados pelo gabinete" da secretaria de Estado da Cultura.

fundação coleção museu berardo belém encerramento museus
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)