Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Museu Guterres sofre infiltrações no Inverno

O Museu António Guterres, nas Donas, aldeia do Fundão onde o ex-primeiro-ministro viveu enquanto criança, procura casa nova para "acolher mais peças" e "ganhar dignidade", disse o presidente da Junta de Freguesia, Vítor Dias.
11 de Agosto de 2010 às 13:27
Guterres doou cerca de 60 peças
Guterres doou cerca de 60 peças FOTO: Lusa

O espaço no segundo piso da sede da junta foi inaugurado em Maio de 2008 e mostra cerca de 60 peças oferecidas a Guterres enquanto primeiro-ministro e que o actual alto comissário das Nações Unidas doou à autarquia. Mas, segundo a agência Lusa, a sala teve problemas de infiltrações durante o Inverno e é pequena para receber mais peças já doadas por Guterres.         

"Houve pequenas infiltrações pelo telhado, que o empreiteiro que construiu a sala vai tentar resolver, ainda este Verão. O Inverno foi rigoroso, mas  não houve peças danificadas", explicou Vítor Dias.         

"Seja como for, temos que dar outra dignidade ao museu e criar espaço para receber mais peças que foram doadas", acrescentou.         

A Junta de Freguesia quer o museu, que abre portas por marcação ou a pedido na recepção da junta, sirva de atracção para levar visitantes para o centro da aldeia.         

Nos dois anos de funcionamento, recebeu 3150 pessoas.      

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)