Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

Nova ortografia só no fim do ano

O acordo Ortográfico só deverá entrar em vigor após o 1º semestre do ano, ao contrário do que o ministro da Cultura, Pinto Ribeiro, admitiu ontem, apurou o CM.

18 de Fevereiro de 2009 às 00:30
Pinto Ribeiro defendeu a importância da nova grafia
Pinto Ribeiro defendeu a importância da nova grafia FOTO: Tiago Petinga, Lusa

Além da convergência, em datas, a estabelecer com os sete parceiros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), Portugal ainda não cumpriu o processo legal que viabilizará o acordo assinado em 1990. "Falta a publicação em Diário da República do depósito dos instrumentos de ratificação do Brasil, Cabo Verde e de S. Tomé e Príncipe", revelou ao CM uma fonte do Ministério da Cultura. Além disso, há ainda países que não ratificaram o Acordo, casos de Guiné-Bissau, Angola, Moçambique e Timor-Leste.

Em declarações à Lusa, o ministro da Cultura referiu-se a conversações em curso com outros países da CPLP sobre o Acordo Ortográfico "para ver se encontramos uma data para o adoptar nos documentos oficiais, nas imprensas nacionais e nos diários oficiais". Pinto Ribeiro falava à margem da apresentação, na Biblioteca Nacional, do Flip7, aplicação informática que faz a conversão dos textos às novas normas ortográficas. Entre os sete parceiros de Portugal na CPLP "já há uma plataforma de entendimento com Cabo Verde, que pode ser extensível a S. Tomé e Príncipe, caso o respectivo governo assim o entenda", afirmou fonte ministerial ao CM.

"No caso do Brasil, é concretizável", adiantou a nossa fonte. "Moçambique é o único país que ainda não iniciou o processo", acrescentou. Segundo a mesma fonte, "não há previsão sobre a sua conclusão, ainda que seja preferível até ao final deste ano, se for exequível."

Carlos Amaral, administrador da empresa Priberam, que concebeu o Flip7, citou o bom resultado alcançado pela sua aplicação "no ‘Record’, do Grupo Cofina, um dos primeiros jornais a aplicar o novo Acordo Ortográfico".

DETALHE

FLIP 7

Ferramenta linguística concebida pela Priberam, única empresa portuguesa que desenvolve software e conteúdos para a Microsoft. Preço: 70 €

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)