Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

Nova tentativa para abrir túmulo de D. Afonso Henriques

O IPPAR está a analisar um segundo pedido da Universidade de Coimbra para que uma equipa científica luso-espanhola possa abrir o túmulo de D. Afonso Henriques.
17 de Janeiro de 2007 às 19:44
O Instituto Português do Património Arquitectónico (IPPAR) recebeu em finais do ano passado um novo pedido da equipa liderada pela antropóloga Eugénia Cunha para que seja autorizada a exumação com fins científicos das ossadas de D. Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal, nascido, provavelmente, em 1108 e que morreu em 1185, encontrando-se sepultado na Igreja de Santa Cruz, em Coimbra.
Recorde-se que a 6 de Julho de 2006, o grupo de investigadores portugueses e espanhóis foi impedido pelo IPPAR de abrir o túmulo de D. Afonso Henriques ("O Conquistador"), tendo assim a direcção nacional do instituto desautorizado a direcção regional, que previamente caucionara a iniciativa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)