Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Novo dicionário reúne 365 ordens

As 365 ordens de Portugal estão a ser compiladas numa obra que deverá ser publicada até ao final do ano. O passado e o presente das mais variadas ordens cristãs, esotéricas, maçónicas, templárias e até profissionais poderá ser consultado no ‘Dicionário Histórico das Ordens e Instituições Afins em Portugal’, um trabalho de investigação com cerca de dez anos da Universidade de Lisboa.

17 de Junho de 2009 às 00:30
Apresentação do Congresso e do dicionário das ordens decorreu na Faculdade de Letras da UL
Apresentação do Congresso e do dicionário das ordens decorreu na Faculdade de Letras da UL FOTO: Bruno Colaço

"O projecto surgiu devido à inexistência de informação sobre a temática. Procurámos olhar para cada uma das ordens do ponto de vista científico, sem fazermos a apologia de uma sobre a outra", explicou José Eduardo Franco, director do Centro de Literaturas de Expressão Portuguesa da Universidade de Lisboa, destacando o facto de o dicionário incluir ordens que sempre estiveram de costas voltadas: "O processo de inclusão de todas as ordens não foi pacífico, porque cada uma entende ser superior às restantes."

A publicação deste dicionário servirá como rampa de lançamento para a realização de um congresso internacional sobre o tema ‘Ordens e Congregações Religiosas em Portugal’, assinalando o primeiro centenário da expulsão das ordens durante a I República. A Fundação Calouste Gulbenkian será o palco do encontro, em Novembro de 2010.

PORMENORES

CATEGORIAS

O dicionário estará dividido em sete categorias, sendo que as ordens cristãs estão repartidas por católicas e protestantes. As restantes são as não-cristãs, esotéricas, maçónicas, templárias, honoríficas e profissionais.

CENTENAS DE AUTORES

Para este dicionário contribuíram mais de 150 autores de diversas origens – de maçónicos a franciscanos, de militares a budistas, de advogados a médicos – que escreveram as entradas relativas às várias ordens.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)