Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

NOVO LAGO DOS CISNES EM LISBOA E PORTO

A companhia do Grand Moscow Classical Ballet desloca-se pela primeira vez ao nosso País, no início do próximo mês de Janeiro, para uma série de seis espectáculos a realizar nos Coliseus de Lisboa e Porto.
Na bagagem, a prestigiada equipa traz o conhecidíssimo bailado “O Lago dos Cisnes”, que está neste momento a apresentar no Reino Unido e que tem como principais intérpretes os solistas Ekaterina Berezina e Vladimir Mouravliev.
14 de Dezembro de 2002 às 00:00
Berezina, consagrada como Artista Emérito da Rússia, interpretará, naturalmente, o papel de Odette (ou Odile), a princesa condenada a ser cisne durante o dia e a poder assumir a forma humana apenas durante a noite. Tudo por causa de uma maldição do feiticeiro Rothbart, que está apaixonado por ela, mas não é correspondido.

Mouravliev, que recebeu, entre outros, o 1.º Prémio do USA Festival of Art, será o Príncipe Siegfried, que se aborrece com a sua vida encantada no palácio até à noite em que, durante uma caçada, conhece uma bela mulher por quem se apaixonará perdidamente.

MÚSICA DE TCHAIKOVSKY

Inspirado numa lenda alemã, Tchaikovsky compôs a partitura de “O Lago dos Cisnes” em 1895, e o bailado viria a estrear-se mundialmente em 1877, no Teatro Bolshoi, com coreografia de Julius Reisinger. Mais tarde, porém, viria a ter uma nova coreografia, assinada por Lev Ivanov e Marius Petipa, que se tornou, com o tempo, mais popular.

A história de amor de Odette e Siegfried é que nem sempre tem final feliz. Há versões em que os amantes ficam juntos e outras em que Rothbart se sagra vencedor desta luta entre o Bem e o Mal.

“O Lago dos Cisnes” poderá ser visto no Coliseu de Lisboa, entre os dias 9 e 11 de Janeiro, sempre às 21h30. Nos dias 11 e 12 haverá sessões às 16h30. Depois, o “Lago dos Cisnes” desloca-se ao Coliseu do Porto, onde estará em cena nos dias 14 e 15, sempre às 21h30.
Ver comentários