Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Óbidos dinamiza música erudita

As muralhas medievais e as igrejas barrocas já não são as únicas atracções de Óbidos, vila que é hoje um dos mais dinâmicos palcos de música erudita fora dos grandes centros urbanos.
23 de Outubro de 2006 às 00:00
Além da Temporada de Cravo, que decorre até ao próximo sábado, a localidade acolhe anualmente o Maio Barroco, os concertos da Semana Santa e a única temporada de ópera realizada em Portugal no Verão.
“O público vem desde Coimbra a Setúbal, atraído pela localização da vila que está a hora e meia de metade da população portuguesa”, graças às ligações às auto-estradas A8 (Lisboa/Leiria), A15 (Óbidos/Santarém) e A1 (Lisboa/Porto), explica o organizador das temporadas de música, Filipe Pessanha. Uma atracção que começou há 25 anos, quando o Festival de Música antiga da Fundação Gulbenkian incluía alguns concertos em igrejas e na Casa da Música de Óbidos.
Ver comentários