Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

OBRA DE CARLOS PAREDES EM COMPILAÇÃO INTEGRAL

A obra integral do “mestre” da guitarra portuguesa, Carlos Paredes, está pela primeira vez reunida numa única edição. Trata-se de uma caixa composta por oito CD, já editada, e que leva o título “O Mundo Segundo Carlos Paredes 1958-1993”.
8 de Março de 2003 às 00:00
A caixa é apresentada sob a forma de um livro e inclui no interior 37 páginas explicativas, um texto de apresentação assinado por Ruy Vieira Nery, além dos oito CD organizados por ordem cronológica. Quanto a conteúdos, a presente edição inclui todo o material gravado por Carlos Paredes, até agora disperso por vários EP e álbuns lançados entre 1958 e 1993.

O disco de abertura da colecção, “Despertar”, integra o repertório correspondente à fase embrionária da carreira e do génio de Paredes, nomeadamente os EP “Fado de Coimbra (’58), “Carlos Paredes” (’62), “Guitarradas sob a forma do Filme ‘Verdes Anos’” (’64), o seu álbum de estreia, “Guitarra Portuguesa” (’67) e três temas extraídos do LP “Coimbra de Ontem e de Hoje” (’67), de Luiz Goes.

O destaque vai, no entanto, para as preciosidades que se podem encontrar nesta colecção, de que são exemplo o raríssimo “Meu País” (1970), “Na Corrente” (tema que abriu em 1969 um documentário televisivo de Augusto Cabrita), os clássicos “Movimento Perpétuo” (1971) e “Fado Moliceiro” (1983), ou os duetos com Charlie Haden, Madredeus ou António Vitorino D’Almeida.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)