Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

OMD em Lisboa: festa rija para celebrar 40 anos de carreira

Mestres da pop eletrónica deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Pedro Rodrigues Santos 17 de Outubro de 2019 às 18:31
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Mestres da pop eletrónica, Orchestral Manoeuvres in the Dark, deram lição de mestria numa Aula Magna praticamente esgotada.
Festa, celebração, abraços e muitos beijos. Foi assim a ótima celebração que os Orchestral Manoeuvres in the Dark ofereceram esta terça-feira à multidão que quase esgotou a Aula Magna em Lisboa.

Paul Humphreys já tinha dados pistas do que iria acontecer em palco (e fora dele) na entrevista que deu ao Correio da Manhã, naquela que foi a primeira atuação da digressão europeia ‘40 Years Greatest Hits’ para promover a compilação ‘Souvenir –The Singles 1979/2019’.

"O concerto não será propriamente uma surpresa: vamos cantar todas as canções que o nosso público quer ouvir, mas vamos ter algumas novidades, exactamente porque os OMD também são reconhecidos pelo experimentalismo."

Não era uma tarefa fácil, no entanto, tendo em conta a imensa discografia da banda; só em álbuns originais são 13 registos.

Mesmo assim, Paul Humphreys nas teclas, e Andy McCluskey na guitarra e na voz, conseguiram destacar as canções que moldaram a juventude de duas gerações de fãs um pouco por todo o mundo.

Aliás, talvez essa tenha sido a principal pecha de uma noite fantástica, já que grande parte da audiência parecia já ter passado dos 35/40 anos de idade.

O espectáculo abre com ‘Isotype’, do álbum ‘The Punishment of Luxury’, de 2017, para sentir o pulso à sala, para depois arrancar com ‘Messages’ para um alinhamento de luxo.

"Levantem-se das cadeiras", lançou Andy McCluskey, "porque vamos todos dançar". Nem foi preciso dizer mais; quase parecia que os assentos tinham molas escondidas porque de imediato todo o público se pôs de pé.

Clássicos como ‘Tesla Girls’, ‘(Forever) Live and Die’ e ‘Joan of Arc’, entrecortados pelos mais recentes ‘History of Modern (Part 1)’ e ‘The Punishment of Luxury’, ecoaram pela sala como se tivessem sido acabados de compor.

No meio do frenesim criado pela audiência, surge a inédita ‘Don’t Go’, canção que fecha a compilação ‘Souvenir’.

"Desejem-me sorte porque é a primeira vez que a vou cantar ao vivo", brincou McCluskey, antes dos primeiros acordes desta estreia planetária.

O concerto aproximava-se depressa, demasiado depressa do fim, com os êxitos maiores guardados para a última parte da noite.

‘Dreaming’, ‘Locomotion’, ‘Sailing on the Seven Seas’ e o imprescindível ‘Enola Gay’ fecharam a atuação mas ninguém arredou pé até a banda regressar ao palco para um ‘encore’ emocionante.

Depois de ‘If You Leave’ e ‘Secret’, Andy McCluskey explica: "Vamos acabar como começámos! Se cantámos no início ‘Messages’, o nosso segundo ‘single’…"

Começam a soltar-se as vozes e a gritar por ‘Electricity’, a canção que lançou os Orchestral Manoeuvres in the Dark para uma carreira que faz parte do universo musical de qualquer boa discografia.

Final em grande, com os atores da noite a abraçarem-se, envolvidos pelos aplausos de um público que mantém ainda uma enorme paixão pela banda.

Mais logo, é a vez dos fãs do Porto apreciarem a dinâmica dos OMD numa Casa da Música já esgotada. É lá que continua a festa!

Orchestral Manoeuvres in the Dark aula magna OMD Lisboa concerto música
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)