Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

OS ANOS DE OURO DO TEATRO DE REVISTA

Reviver os "anos de ouro" do teatro de revista é o objectivo de uma exposição a inaugurar amanhã em Lisboa, sendo, paralelamente, apresentada a obra "Fotobiografia de Beatriz Costa - Avenida da Liberdade", de Vasco Rosa.
23 de Março de 2003 às 00:00
Patente na sala de entrada do Hotel Tivoli, a exposição é concebida pelo encenador Fernando Filipe em estreita colaboração com o Museu Nacional do Teatro, procurando evocar "os anos de ouro do Parque Mayer, através de elementos cénicos e objectos documentais daqueles teatros", disse à agência Lusa o seu coordenador, João Lancastre e Távora.
Será também um desfilar das memórias de "alguns dos seus principais protagonistas". Nomes que fizeram os cartazes das revistas das décadas de 1920 a 1960, como Beatriz Costa, Vasco Santana, António Silva, Hermínia Silva, Ivone Silva, João Villaret, Irene Isidro ou Maria das Neves.
Em mostra vão estar 150 peças cedidas pelo Museu Nacional de Teatro. Das folhas de bilheteira – "onde se assentava os lugares vendidos" – aos adereços de palco e bijuterias usados pelos actores, trajos de cena, cartazes e fotografias.
Entre outras peças em exposição, destaque para os figurinos assinados por Pinto de Campos, os prospectos publicitários da revista "O Cartaz de Lisboa" (1937), com Hortense Luz e Estêvão Amarante, umas botas usadas por Mirita Casimiro que o cinema celebrizou no papel de Maria Papoila ou fotografias de revistas como "Chá de Parreira" (1929), "Arre Burro" (1936), ou "Mulheres Há Muitas" (1954). Segundo o investigador Vítor Pavão dos Santos, "ninguém foi mais alto do que ela em popularidade".
Beatriz Costa estreou-se em 1923 na revista "Chá e Torradas", como corista. Em 1925, depois de uma digressão ao Brasil, surge como actriz na revista "Ditosa Pátria". Tendo abandonado em definitivo os palcos, fixou residência no Hotel Tivoli, onde faleceu a 15 de Abril de 1996.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)