Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Os cinco magníficos

Sandra Galvão, 34 anos, professora, recorda-se como se tivesse sido ontem. “Tinha 12 anos”, diz ao CM, quando a palheta de Andy Taylor lhe “caiu do céu mesmo em cima da cabeça”. Foi no último espectáculo do grupo, no Dramático de Cascais, corria o ano de 1982.
24 de Maio de 2005 às 00:00
O troféu era ontem um dos motivos de conversa entre os fãs da banda britânica concentrados no ‘hall’ do Hotel Meridien, o local escolhido para albergar os músicos que, esta noite, se apresentam no Coliseu dos Recreios. Para ouvir estão temas do novo disco, ‘Astronaut’, mas para recordar estarão também muitas das canções que há 23 anos fizeram parte do alinhamento do concerto de Cascais.
Quem até meteu férias de propósito foi Nuno Fernandes, um dos fãs responsáveis por iniciar a ‘mailing list’ portuguesa do grupo (duraniesportugal@yahoogroups.com) e que há cinco anos embarcou para os EUA para assistir a quatro concertos seguidos da banda. O período é de festa. E não é por causa do Benfica. “Para mim, SLB é Simon LeBon”, remata, entre risos.
Discretos, sem bandeiras, ‘t-shirts’ ou cartazes, os cerca de 12 fãs dos Duran Duran, todos com idades acima dos 30 anos, foram o exemplo de que é possível ser fã sem ser fanático e apaixonado sem ser desordeiro. E talvez tenha sido por isso mesmo que alguns dos elementos do grupo tenham chegado a falar com eles. “Já os vimos quase todos e já falámos com eles. O Nick [Rhodes], então, tem sido fantástico”, explicava Sandra Galvão, na precisa altura em que John Taylor entrava no hotel envergando uns calções da selecção portuguesa de futebol. “É um bocado antipático”, segredou-nos.
O grupo estará hoje ao alcance de todos, ou de alguns, melhor dizendo, já que o espectáculo está esgotado. Uma coisa já ninguém nos tira: Portugal vai voltar a receber aqueles que um dia a ‘Rolling Stone’ chamou de ‘Fab Five’ por analogia aos ‘Fab Four’, os Beatles.
Para muitos, o concerto de logo será uma reunião familiar, marcada, acima de tudo, pelos fãs que, após o espectáculo, já não têm idade, tempo ou vida para esperar pela saída dos artistas. Ontem, às 18h00, já Sandra Galvão dizia: “Tenho de ir. Tenho uma explicação para dar”.
ALINHAMENTO PROVÁVEL
‘Sunrise’, ‘Hungry Like The Wolf’, ‘Planet Earth’, ‘Hold Back The Rain’, ‘Astronaut’, ‘I Don’t Want Your Love’, ‘What Happens Tomorrow’, ‘A View To A Kill’, ‘Ordinary World’, ‘Save a Prayer’, ‘Taste The Summer’, ‘Notorious’, ‘Nice’, ‘Careless Memories’ e ‘Wild Boys’. Para ‘encore’ estão reservados ‘White Lines’, ‘Girls On Film’ e ‘Rio’. Prováveis são ainda ‘Come Undone’ e ‘Bedroom Boys’.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)