Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

OS CONCERTOS QUE AÍ VÊM

O regresso a palcos lusos do duo electrónico Thievery Corporation, que actua hoje e amanhã, na Aula Magna, em Lisboa, e no Coliseu do Porto, respectivamente, marca o arranque do diversificado cardápio musical previsto para este mês.
1 de Junho de 2003 às 00:00
 OLinkin Park (esquerda) protagonizam uma das estreias mais esperadas do ano, e os Goldfrapp regressam para actuar em Lisboa e no Porto
OLinkin Park (esquerda) protagonizam uma das estreias mais esperadas do ano, e os Goldfrapp regressam para actuar em Lisboa e no Porto FOTO: d.r.
Praticantes de um som electrónico que incorpora diferentes linguagens musicais num todo orgânico, com influências de jazz e bossa-nova, os Thievery Corporation vêm apresentar o disco de remisturas "The Sounds from the Verve Hi-Fi" e, talvez, antecipar algumas novidades do seu próximo álbum, "The Richest Man in Babylon", com edição prevista para Setembro.
Na noite de Santo António, 12, o Coliseu de Lisboa está reservado para os Underworld, colectivo que nas últimas duas décadas tem desbravado novos territórios na música electrónica, criando uma alternativa à margem dos cânones que regem o género.
Os britânicos Goldfrapp, um projecto definido por alguns entendidos como "pop sofisticada", regressa também este mês a Portugal. Os britânicos apresentam-se dias 7 e 8, nos Coliseus do Porto e de Lisboa, respectivamente.
Num mês que promete agradar a "gregos e a troianos", o rock não poderia ser esquecido. Uma das bandas de proa da cena nu-metal, os norte- -americanos Linkin Park, protagonizam no próximo dia 23, no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, uma das estreias mais esperadas do ano. Após terem assinado "Hybrid Theory", o álbum de estreia mais vendido de sempre (11 milhões de unidades), os Linkin Park vêm mostrar o novo disco, "Meteora". A primeira parte está a cargo de um nome não menos sonante: o "génio" do "trip-pop" Tricky.
O canadiano Bryan Adams está de regresso para três concertos. O músico vai tocar no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, (dia 18), seguindo-se o Coliseu do Porto (20) e o Pavilhão Multiusos, em Guimarães (21).
O mês vai trazer também grandes clássicos, casos de Tom Jones e de Tony Benett (ver caixa) e, ainda, os sons "quentes" do Brasil. João Gilberto, o "mestre" da bossa-nova, actua primeiro no Porto, no Coliseu, a 19, e dois dias mais tarde em Lisboa, no Coliseu dos Recreios. Outro senhor da música brasileira, Djavan, passará pelo Coliseu do Porto no dia 30.
A cantora Adriana Calcanhotto fará uma digressão por palcos nacionais, actuando no Coliseu do Porto (13,14), Angra do Heroísmo (16), Coimbra (18), Loulé (19), Évora (20), Mértola (21) e Coliseu de Lisboa (23,24 e 25).
Numa homenagem a Tom Jobim, Ryuichi Sakamoto e Jacques e Paula Morelenbaum apresentam-se no Coliseu de Lisboa (20), em Coimbra (21) e no Coliseu do Porto (22).
No que toca à música portuguesa, além do Festival Galp Energia (ver caixa) há a destacar a passagem de Jorge Palma pelo Centro Cultural de Belém, em Lisboa, (2), e pelo Coliseu do Porto (6). l
MARATONA NACIONAL
Uma devida homenagem à música portuguesa deu o mote para o festival Galp Energia Ao Vivo, que será o último grande espectáculo a realizar no Estádio de Alvalade, no dia 28. Numa verdadeira maratona musical, desfilarão Xutos & Pontapés, Pedro Abrunhosa, Sérgio Godinho, Cabeças no Ar e David Fonseca. A estes juntar-se-á, como convidado especial, o brasileiro Caetano Veloso. O concerto vai ainda contar com um palco secundário no qual actuam novos valores nacionais como Micro, Terrakota, Toranja, Mesa, Sloppy Joe e YelloW Van. O preço dos bilhetes varia entre os 20 e os 27,50 euros e, por cada ingresso vendido, será entregue um euro à Associação Cercis.
REGRESSO DOS CLÁSSICOS
Um dos nomes "sagrados" da música popular americana, Tony Bennett, actua no Casino Estoril, no próximo dia 27. A singularidade interpretativa de Bennett, bem como as suas incursões no jazz ao lado das "big bands" valeram-lhe o apelido de "The King of Cool". Quanto ao inimitável intérprete de "Sex Bomb", Tom Jones, sobe dia 21 ao palco do Pavilhão Atlântico. Além dos clássicos "Delilah" e "Kiss", o cantor galês deverá apresentar o mais recente álbum, "Mr. Jones".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)