Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

Óscar de Orson Welles vendido por 657 mil euros

O Óscar que o realizador norte-americano Orson Welles ganhou em 1941 pelo filme ‘Citizen Kane – O Mundo a Seus Pés’, foi vendido num leilão em Los Angeles, EUA, por cerca de 657 mil euros. A estatueta – que distinguiu o melhor argumento original do ano – esteve perdida durante décadas e perante as reclamações de Beatrice Welles, filha do realizador, a Academia de Hollywood entregou-lhe uma cópia. Em 1994, descobriu-se o que tinha acontecido: o director de fotografia de ‘Citizen Kane’, Gary Graver, tinha o galardão guardado em casa e estava a tentar vendê-lo.
21 de Dezembro de 2011 às 18:06
O Óscar que Orson Welles ganhou em 1941 pelo filme 'Citizen Kane - O Mundo a seus Pés' teve uma história atribulada e só em 1994 voltou à família do realizador
O Óscar que Orson Welles ganhou em 1941 pelo filme 'Citizen Kane - O Mundo a seus Pés' teve uma história atribulada e só em 1994 voltou à família do realizador FOTO: d.r.

O processo deu entrada no tribunal: Beatrice Welles pediu a interdição da venda e o juiz deu-lhe razão, devolvendo o Óscar à família. A mesma família que em 2003 vendeu a estatueta à Fundação Dax, entidade sem fins lucrativos que, por sua vez, a tentou alienar num leilão da Sotheby em 2007.

No entanto, e como a licitação mais alta não satisfez as expectativas dos proprietários, fez-se novo leilão, desta feita na casa Nate D. Sanders.

Cultura Orson Welles Óscar polémica leilão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)