Óscares vão ter luta mais renhida

Os críticos de cinema parecem mais divididos do que o costume na próxima temporada de prémios.
22.12.13
  • partilhe
  • 0
  • +
Óscares vão ter luta mais renhida
'12 Anos Escravo' chega a Portugal no dia 2 de janeiro Foto d.r.

Há anos que os Óscares não se anteviam tão competitivos, com mais obras de qualidade a poderem levar estatuetas douradas para casa.

Porém, a aposta nacional para Filme em Língua Estrangeira, ‘As Linhas de Wellington’, foi posta de parte. Segundo a Academia, nesta categoria mantêm-se filmes como ‘A Caça’ (Dinamarca), ‘O Grande Mestre’ (Hong Kong) e ‘A Grande Beleza’ (Itália).

"Quase todos os membros da Academia com quem falo estão excitados com o nível de qualidade da corrida deste ano, o que é uma boa indicação de que esta pode ser a primeira vez com 10 nomeados a melhor filme desde que as regras mudaram", refere o crítico Pete Hammond do site ‘Deadline.’

As nomeações só chegam no dia 16 de janeiro mas já se traçam perfis: os candidatos serão produções de luxo realizadas por autores vindos do cinema independente. Casos de ‘12 Anos Escravo’, de Steve McQueen, que estreia no dia 2 de janeiro; ‘Gravidade’, épico de Alfonso Cuarón; ‘Golpada Americana’, de David O. Russell, que chega a 23 de janeiro; ‘Capitão Phillips’, de Paul Greengrass; ou ‘O Mordomo’, de Lee Daniels com música de Rodrigo Leão.

Entre os atores têm sobressaído Chiwetel Ejiofor, por ‘12 Anos Escravo’, Idris Elba como Mandela em ‘Longo Caminho para a Liberdade’, e Robert Redford com ‘Quase Tudo Está Perdido’. Já nas atrizes, Cate Blanchett (‘Blue Jasmine’) ou Sandra Bullock (‘Gravidade’) podem vencer. As respostas chegam no dia 2 de março, em Los Angeles.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!