Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Palacete revela início da fotografia

Uma projecção holográfica do pioneiro da fotografia em Portugal recebeu a ministra da Cultura, Isabel Pires de Lima, na renovada Casa-Estúdio de Carlos Relvas, na Golegã. Único no Mundo, o palacete construído em 1875 – com paredes e telhados em vidro para aproveitar a luz e uma estrutura metálica com mais de 30 toneladas de ferro – abriu ontem as portas como espaço museológico.
21 de Abril de 2007 às 00:00
Isabel Pires de Lima inaugurou ontem o renovado espaço
Isabel Pires de Lima inaugurou ontem o renovado espaço FOTO: João Nuno Pepino
Guarda fotografias recuperadas, máquinas, manuscritos, documentos o objectos pessoais de Carlos Relvas, algum mobiliário e outras obras de arte desta família aristocrática. Num anexo junto ao palácio existe um pequeno bar e um laboratório moderno de fotografia.
A Câmara da Golegã quer candidatar o imóvel a Património Mundial da Humanidade, mas Isabel Pires de Lima avisou “que é necessário ter muito cuidado com este tipo de candidaturas, pois os requisitos destes processos são geralmente muito exigentes”. A ministra da Cultura defendeu, em alternativa, que a Casa-Estúdio Carlos Relvas seja indicada para Património Europeu, um patamar criado há poucos meses pela UNESCO e “igualmente dignificante”.
A recuperação do edifício, que esteve muitos anos votado ao abandono, foi feita pelo Instituto Português do Património Arquitectónico (IPPAR), num investimento que rondou os dois milhões de euros.
O Programa Operacional da Cultura financiou 72 por cento da musealização do espaço, que custou 150 mil euros. A autarquia investiu no museu 250 mil euros e assumiu o arranjo exterior do grande jardim envolvente, procurando mostrar a sua evolução através de imagens deixadas pelo próprio Relvas.
Carlos Augusto de Mascarenhas Relvas e Campos nasceu na Golegã a 13 de Dezembro de 1838, no seio de uma família abastada. A paixão pela fotografia terá sido adquirida já em adulto, durante as frequentes viagens de negócios pela Europa, que lhe permitiam manter-se a par das mais recentes inovações científicas e artísticas.
Foi na sua casa-estúdio original e vanguardista que se tornou num dos mais afamados fotógrafos amadores do Mundo, reconhecido nos maiores certames internacionais da época.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)