Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Palácio de Mangualde abre portas a turistas

Visita à casa do século XVIII da família Pais do Amaral custa 10 euros por pessoa.
Tiago Virgílio Pereira 30 de Abril de 2018 às 01:30
Ministro da Cultura (ao centro), acompanhado por João Azevedo, presidente da CM de Mangualde, e Pais do Amaral
Palácio de Mangualde abre portas a turistas
Ministro da Cultura (ao centro), acompanhado por João Azevedo, presidente da CM de Mangualde, e Pais do Amaral
Palácio de Mangualde abre portas a turistas
Ministro da Cultura (ao centro), acompanhado por João Azevedo, presidente da CM de Mangualde, e Pais do Amaral
Palácio de Mangualde abre portas a turistas
Em Mangualde estava ‘escondido’ um dos exemplares mais relevantes da arquitetura senhorial da Beira Alta, mas que agora está ao alcance de todos. "Os pontos principais do imóvel são a arquitetura - Barroca, do século XVIII - os azulejos e uma coleção de quadros e imobiliário originais, já que a casa nunca foi alvo de partilhas", destacou o empresário Miguel Pais do Amaral.

A primeira visita guiada ao Palácio dos Condes de Anadia contou com a presença do ministro da Cultura. Luís Castro Mendes ficou "encantado", depois de ver o "património riquíssimo" da casa e enalteceu a iniciativa que pretende atrair turistas nacionais e estrangeiros e assim dinamizar a oferta cultural no Centro do País. "Esta ideia tem o apoio do Ministério da Cultura e da Câmara de Mangualde que pretendem marcar este imóvel como um polo importante no roteiro cultural do Barroco português e assim dinamizar o turismo cultural", destacou.

O programa de visitas, que tem um custo de 10 euros por visitante, prevê diversas fases que vão sendo implementadas nos próximos quatro anos. O dinheiro das entradas será "todo reinvestido no restauro e manutenção do imóvel", complementou Pais do Amaral.

PORMENORES
Interesse público
O Palácio dos Condes de Anadia está classificado como Imóvel de Interesse Público, categoria a seguir à de Monumento Nacional.

Figuras que já passaram
O rei D. Luís I visitou o Palácio em 1882 aquando da inauguração dos caminhos de ferro da Beira Alta, tal como o rei D. Carlos, nos últimos anos do seu reinado.

Visita também à vinha
As visitas guiadas não se limitam ao Palácio. O público pode conhecer os jardins e a vinha, com direito a provas de vinho.
Imóvel de Interesse Público Ministério da Cultura Luís Castro Mendes Palácio dos Condes de Anadia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)