Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Paredes de Coura quer 100 mil pessoas na festa

Arcade Fire são a grande atração da festa que arranca quarta-feira e dura quatro dias.
Ana Maria Ribeiro 14 de Agosto de 2018 às 01:30
Arcade Fire sobem ao palco do Paredes de Coura no sábado, dia 18, a partir da 01h00. Canadianos encerram a festa
Arcade Fire ao vivo no Campo Pequeno, em Lisboa
Arcade Fire ao vivo no Campo Pequeno, em Lisboa
Arcade Fire sobem ao palco do Paredes de Coura no sábado, dia 18, a partir da 01h00. Canadianos encerram a festa
Arcade Fire ao vivo no Campo Pequeno, em Lisboa
Arcade Fire ao vivo no Campo Pequeno, em Lisboa
Arcade Fire sobem ao palco do Paredes de Coura no sábado, dia 18, a partir da 01h00. Canadianos encerram a festa
Arcade Fire ao vivo no Campo Pequeno, em Lisboa
Arcade Fire ao vivo no Campo Pequeno, em Lisboa
No ano passado, o festival Paredes de Coura esgotou e este ano João Carvalho, da promotora Ritmos, espera fazer outro tanto. "Estamos a vender bem e há todas as razões para acreditar que vamos repetir o êxito de 2017 – até porque melhorámos muito as condições de acolhimento dos festivaleiros", diz o responsável.

A festa de 2018, que arranca já esta quarta-feira na praia fluvial do Tabuão, tem mais zonas de descanso, mais espaços de restauração, um anfiteatro melhorado e 15 hectares para campismo - todos com iluminação. "Queremos 100 mil pessoas nos quatro dias, e não queremos mais porque gostamos que quem nos visita tenha espaço para se sentir à vontade", acrescenta.

O Paredes de Coura foi notícia logo no início deste ano, quando Björk cancelou a sua passagem pelo Minho, mas ganhou interesse renovado assim que os Arcade Fire foram anunciados como banda substituta. João Carvalho – que também convidou as Pussy Riot e The Legendary Tigerman – diz que "há muitas razões" para ir ouvir música ao festival.

"Entre os consagrados, que vão a todos os grandes festivais por esse Mundo fora, e as novidades, que acreditamos que vão dar cartas no futuro, temos um grande cartaz", afirma o promotor.

Com um orçamento que ronda os três milhões e meio de euros, o diretor diz ainda, com orgulho, que Paredes de Coura é um festival autossustentável.

"Claro que os patrocinadores são fundamentais, mas a festa é um êxito a todos os títulos", conclui.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)