Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Peça de Gil Vicente numa encenação arrojada

Nuno Carinhas colocou as personagens da Bíblia num campo de concentração nesta versão ‘diferente’ – e esteticamente irrepreensível – do texto vicentino.
7 de Janeiro de 2010 às 19:38
A cena final do espectáculo
A cena final do espectáculo FOTO: João Tuna

Não foi a polémica que o texto pudesse suscitar que levou o Nuno Carinhas a encenar ‘Breve Sumário da História de Deus’, peça de Gil Vicente que estreia dia 8, às 21h30, no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, depois de ter cumprido carreira no Porto.

 

O encenador e também director artístico do Teatro Nacional São João diz que o tema da peça o fascinou – e que é sempre por aí que começa quando define a sua programação. A polémica não lhe interessa.

 

“O espectador pode, ou não, acreditar em Deus... Não é importante para usufruir este trabalho”, explicou ao Correio da Manhã. “Mas interessou-me muito a forma como Gil Vicente aborda a condição humana nesta peça”, explica.

 

Claro que este é um dramaturgo ‘diferente’ daquele que é ensinado nas escolas. Mas a obra de Gil Vicente é muito vasta, conforme sublinha o encenador, e, “infelizmente, muito pouco conhecida e divulgada”.

 

“Gil Vicente devia ser um homem muito culto, porque para cada peça, dependendo do tema, usava uma linguagem completamente diferente. No ‘Breve Sumário’, por exemplo, é uma linguagem muito mais filosófica e profunda do que é vulgarmente conhecido.”

 

Com um cenário deslumbrante – que Nuno Carinhas admite fazer lembrar um campo de concentração, mas que pode ter outras leituras (prisão, interior de um convento) – o espectador assiste a um desfile de personagens bíblicas que sucessivamente são arrastadas pela Morte. No último instante, numa cena de beleza exaltante, são salvas pela intervenção de Jesus Cristo.

‘Breve Sumário da História de Deus’ conta com interpretação de 17 actores – entre os quais António Durães (‘Lucifer’) e João Pedro Vaz (‘São João’) e é para ver em Lisboa até ao próximo dia 31.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)