Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

Perder o comboio da glória

A história da pop também se faz de más apostas: músicos que abandonaram projectos antes da consagração.
20 de Fevereiro de 2005 às 00:00
Entre os episódios sonantes estão os de Chad Channing, baterista dos Nirvana, que “perdeu o interesse” e o lugar, Michelle Stephenson, que foi apurada para as Spice Girls mas desistiu a favor de Emma Bunton, ou Henri Padovani, que deixou os POLICE por não querer pintar o cabelo de louro.
Há mais: Chris Dreja recusou acompanhar Jimmy Page em direcção aos Led Zeppelin, e Ron McGovney poderia ter sido baixista dos Metallica se não se tivesse zangado com Dave Mustaine por causa de uma cerveja entornada.
O campeão do azar é Keith Levene: deixou os Clash antes de estes aparecerem como rivais dos Pistols no punk e, mais tarde, abandonou os Public Image Ltd. dois meses antes do êxito ‘This Is Not A Love Song’. Se eles soubessem…
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)