Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Pilar implacável com “censura”

Apresentação de obra em que Saramago fala sobre os seus livros serviu para recordar o choque entre o Nobel e um executivo de Cavaco Silva.
21 de Abril de 2013 às 00:47
Pilar del Río apresentou o livro 'A Estátua e a Pedra', de José Saramago, em Bogotá
Pilar del Río apresentou o livro 'A Estátua e a Pedra', de José Saramago, em Bogotá FOTO: Leonardo Ralha

A presidente da Fundação José Saramago, Pilar del Río, viúva do Nobel da Literatura português, lembrou os problemas que levaram o escritor a sair de Portugal, durante o lançamento mundial de ‘A Estátua e a Pedra', em que Saramago fala dos seus livros. O evento realizou-se anteontem, na livraria do Centro Cultural Gabriel García Márquez, em Bogotá (Colômbia).

Dois dias após Cavaco Silva ter omitido o nome de Saramago na inauguração da Feira Internacional do Livro de Bogotá, de que Portugal é o convidado de honra, Pilar recordou o que sucedeu antes de 1997, quando o seu marido proferiu o "improviso muito bem estruturado", agora publicado em português e castelhano: "Vivíamos em Lanzarote graças, ou por culpa, da censura. Saramago não queria conviver com um Governo que, em plena democracia, cometeu um ato de censura."

Em causa esteve o veto do subsecretário de Estado da Cultura, Sousa Lara, que impediu o ‘Evangelho Segundo Jesus Cristo' de concorrer ao Prémio Literário Europeu de 1992. Pilar disse que "o tonto" justificou a decisão, afirmando que o romance "ofendia a maioria dos portugueses", que "um comunista não podia representar Portugal" e que "o livro estava mal escrito".

Quando um dos presentes lhe perguntou se Portugal era uma ditadura em 1992, a viúva de Saramago respondeu que havia "uma democracia formal", sublinhando que o primeiro-ministro de então é agora o Presidente da República. Mas também deixou claro que o escritor teve consciência de que "alguns dos que o defendiam estavam a aproveitar--se dele para atacar o Governo". n

Pilar del Río josé saramago censura nobel cavaco silva a estátua e a pedra
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)